Adriel Arvolea

Indústria de Transformação, que gerou 247 empregos em abril, no mês passado fechou com saldo negativo de 119 vagas
Indústria de Transformação, que gerou 247 empregos em abril, no mês passado fechou com saldo negativo de 119 vagas

O mês de abril fechou com saldo positivo de 532 vagas em Rio Claro, segundo levantamento do Cadastro-Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho. O desempenho é o melhor desde 2007, quando o município registrou 736 novas oportunidades.

O destaque fica para a Indústria de Transformação, que gerou 247 empregos. Situada na região de Campinas, Rio Claro faz parte de uma microrregião desenvolvida com indústrias voltadas à fabricação de tubos e conexões, produtos de linha branca, doces e balas, cabos elétricos etc.

Mas o cenário econômico em maio não seguiu o mesmo ritmo dos meses anteriores, desacelerando a geração de emprego. O município fechou com saldo de apenas 166 postos de trabalho, que compreende números de setores do comércio, serviços, administração pública, construção civil, agropecuária, indústria de transformação, serviço industrial de utilidade pública. e extrativa mineral.

Enquanto 2.825 trabalhadores foram admitidos, outros 2.659 tiveram seus vínculos empregatícios cancelados no período. Se o destaque em abril foi a Indústria de Transformação, que gerou 247 empregos, no mês passado fechou com saldo negativo de 119 vagas. Construção civil, serviço industrial de utilidade pública, serviços e administração pública fecharam o mês com -35, -1, -18 e -10 vagas, respectivamente. Os setores responsáveis pelo desempenho positivo foram Agropecuária (340), Extrativa Mineral (5) e Comércio (5).

Brasil

No mês de maio, foram gerados 58.836 empregos formais, um crescimento de 0,14% em relação ao estoque do mês anterior. O aumento mantém a trajetória de expansão, com um total de 1.849.591 admissões no mês e os desligamentos atingindo 1.790.755, o que resultou no resultado positivo no mês, sendo o segundo e o maior montante já registrado para o período, respectivamente.

Isto que denota a capacidade da economia de manter o número de contratações em patamar expressivo a despeito do número de desligamentos. O mercado formal apresentou expansão do emprego em seis setores da economia, tendo quatro deles demonstrado melhor desempenho em relação aos dados de maio de 2013.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Notícias:

Trechos da Avenida 8 recebem recapeamento

Curso para mulheres com deficiência está com inscrições abertas