Fim da luta: ciclista que foi atropelado em rodovia vem a óbito após 65 dias internado

4391

O rio-clarense João Álvaro Cocco, que foi vítima de atropelamento no dia 25 de agosto na Rodovia Constantine Peruchi (SP-316) veio a óbito no início da manhã desta quarta-feira (30) após 65 dias internado na Santa Casa. A vítima, que conduzia uma bicicleta, voltava do bairro Cascalho em Cordeirópolis quando foi atingido por um condutor de um veículo que o atropelou e fugiu sem prestar socorro.

O velório e sepultamento de João irão acontecer na cidade de Santa Gertrudes porém a previsão é que o corpo chegue apenas no início da tarde já que nesta manhã está no IML de Rio Claro e ainda irá seguir para Piracicaba.

O Jornal Cidade conversou com a filha do ciclista que agradeceu as orações e as mensagens desde o dia do acidente: “Meu pai foi um guerreiro e tenho certeza que de onde quer que ele esteja, é muito grato a cada um que torceu pela recuperação, conhecidos ou não. Ele piorou muito nos últimos dias e uma infecção generalizada levou ao óbito. Quero aproveitar para agradecer também a toda a equipe do hospital Santa Casa de Rio Claro que neste tempo não mediu esforços para que ele conseguisse se recuperar. Infelizmente o desfecho foi outro”, disse emocionada Juliana Cocco Calmasini.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: