Fachada do prédio do novo Fórum que está sendo construído na região do bairro Bela Vista, próximo à Unesp (foto arquivo)

Ednéia Silva

Fachada do prédio do novo Fórum que está sendo construído na região do bairro Bela Vista, próximo à Unesp (foto arquivo)
Fachada do prédio do novo Fórum que está sendo construído na região do bairro Bela Vista, próximo à Unesp (foto arquivo)

Previsto para ser inaugurado em março de 2014, o novo prédio do Fórum, que está sendo construído na região do bairro Bela Vista, ainda aguarda conclusão. Há meses a obra está parada e não há previsão de retomada dos trabalhos. A assessoria de imprensa da Secretaria Estadual da Justiça e da Defesa da Cidadania informou que contratou empresa para reiniciar o projeto.

“A Companhia Paulista de Obras e Serviços (CPOS) foi contratada para elaborar o material técnico e os projetos complementares da obra”, disse a assessoria por meio de nota enviada à redação. O comunicado informa ainda que “na retomada, serão incluídos a execução da área externa do Fórum (estacionamentos, acessos, fechamentos, passeio, etc) e o Salão do Júri, não previstos na contratação da prefeitura”.

Publicidade

A licitação para a retomada das obras somente será realizada depois da conclusão dessa etapa. Não há data para a publicação do edital. “Após a elaboração do laudo estrutural, será realizada uma nova licitação, visando à retomada das obras do Fórum local e, caso haja necessidade de recuperação estrutural, o valor referente a estes serviços será agregado ao valor da nova contratação do remanescente da obra”, esclarece a pasta.

A secretaria conclui dizendo que “somente após a finalização do laudo é que será possível informar os novos valores e prazos da licitação e retomada das obras”. A construção do novo prédio foi iniciada em 2010 com prazo de término de 12 meses. Desde então, o contrato com a empresa responsável pela obra foi prorrogado várias vezes.

A empresa venceu a concorrência apresentando proposta no valor de R$ 7.964.232,25, bem abaixo do valor orçado no edital, de R$ 9.595.460,63. Em setembro do ano passado, a Secretaria Estadual da Justiça e da Defesa da Cidadania rompeu o contrato assinado com a prefeitura, porque o prazo tinha expirado sem que o projeto fosse concluído.

ANEL VIÁRIO

Também nas imediações do novo Fórum, a prefeitura está construindo um anel viário em terreno cedido pela Unesp local. Nessa segunda-feira (12), a administração municipal informou que, no momento, as obras prosseguem com a colocação de guias.

A prefeitura destacou ainda que o andamento dos trabalhos está sendo prejudicado pelas chuvas. “Neste período do ano, os trabalhos são prejudicados pelas chuvas, já que é preciso esperar o solo ficar seco para realizar o tipo de serviço que está sendo feito no anel viário. A pavimentação já foi feita até a entrada da futura Cidade Judiciária e será iniciado em breve o trecho de interligação ao bairro São Miguel. Depois serão feitas calçadas, plantio de grama, paisagismo e outros itens de urbanização”, informou.

Mais em Notícias: