Disputa por vagas para fugir da Área Azul

42

Adriel Arvolea

Na Rua 1-B é proibido estacionar no lado esquerdo da via. Mas as placas de regulamentação são ignoradas por motoristas, ainda mais próximo do Centro. É nesta área que as vagas de estacionamento tornam-se mais disputadas. Na fuga da Área Azul, imprudências são cometidas, como a verificada na rua. A situação é rotineira, o que expõe a falta de fiscalização.

Para o condutor Márcio Viana, a infração pode ser até justificada. “De um lado da rua tem ciclofaixa. Do outro, não pode estacionar veículos. E aí, como fica? A frota cresceu e as vagas disponíveis já não atendem à demanda. Sem alternativa, há os motoristas que optam por estacionar nos locais proibidos”, comenta Viana.

Em contrapartida, a Secretaria de Mobilidade Urbana e Sistema Viário esclarece que a iniciativa visa a organização e a padronização das vias públicas do município. Um dos motivos para proibir o estacionamento de um dos lados de algumas vias é priorizar o transporte coletivo, que possui as portas de entrada e saída dos ônibus. “Esse serviço faz parte de trabalho da Secretaria de Mobilidade Urbana em reorganizar o trânsito no centro expandido de Rio Claro”, explica em nota.

No entanto, outro problema verificado é a reserva indevida de vagas. Caixotes, pneus, cones e outros itens são utilizados para demarcar o espaço, numa prática ilegal. A atividade é passível de multa e autuação. O que falta é fiscalização.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: