Delícias d’avó: receitas que atravessam gerações

287

Favari Filho

Entre as tradições familiares o encontro aos domingos na casa da avó é indispensável para a convivência entre netos e essa espécie de “mãe com açúcar” que, além de proporcionar memórias culinárias inesquecíveis enche o ambiente de carinho. O Especial Gastronomia traz nesta edição três pratos fabulosos preparados por avós e que têm a predileção dos netos. Entre as avós que se entregam à culinária para agradar aos netos destacamos a culinária árabe da dona Judith, um acompanhamento perfeito para o café feito por Leonilda Exposti e, por fim, a sobremesa que é sensação na família de dona Jacira.

 

Amor e sabor em dobro

 A culinária na casa da família Hussni, de descendência árabe, sempre foi um ponto forte, por isso dona Judith ensina um prato que seus netos amam

Jéssica e a avó Judith mantém as tradições da culinária árabe
Jéssica e a avó Judith mantém as tradições da culinária árabe

Jéssica, assim como os demais netos de dona Judith, também adora tudo o que a avó cozinha. De descendência árabe a culinária na casa da família Hussni sempre foi um ponto forte, contudo, para a neta que nutre um carinho especial pela avó, a receita predileta é TABULE, uma alimentação de origem libanesa frequentemente degustada como aperitivo. Sobre o prato e a avó, Jéssica foi enfática à reportagem: “Se vó é mesmo mãe duas vezes, afirmo que a comida da vó Judith, além de muito saborosa, tem o dobro de amor também.”

 [box]

TABULE

 

INGREDIENTES:

1 xícara de trigo fino (para quibe);

1 pé de alface grande ou 2 pequenos;

5 tomates;

2 ou 3 pepinos, depende do gosto.

1 cebola grande;

1 pimentão amarelo ou vermelho (verde não);

2 ou 3 galhos de hortelã;

Sal, limão e azeite a gosto.

 

MODO DE PREPARO:

Lave o trigo e aperte para tirar a água, depois deixe reservado separadamente. Enquanto isso pique os tomates, pepinos, cebola, pimentão, hortelã e alface do menor tamanho possível; coloque no recipiente em que está o trigo, pois a água dos legumes vai molhando o trigo aos poucos. Por fim, mexa bem para misturar de forma homogênea todos os ingredientes. Tempere a gosto apenas no momento em que for servir.

[/box]

 

União e gosto de infância

O café junto aos netos é um momento especial para a família de dona Leonilda, que ensina fazer a Rosca Recheada

Dona Leonilda com a filha Cláudia e as netas Rafaella e Gabrielle
Dona Leonilda com a filha Cláudia e as netas Rafaella e Gabrielle

Dona Leonilda Exposti gosta de agradar Gabrielle e Rafaella com a deliciosa ROSCA RECHEADA. A receita herdada da sogra [vó Ida] já é tradição na família e teve apenas uma modificação para agradar a filha Claudia e as netas: a troca da calda que, na receita original, era feita com canela. “Adoro a rosca com goiabada que minha avó faz porque lembra a infância”, relatou Gabrielle. Já Rafaella expôs: “Gosto da rosca porque além do toque especial da vovó é um momento especial que aproveitamos para tomar o café juntas”.

 [box]

ROSCA RECHEADA

 

MASSA:

4 copos de trigo;

4 ovos;

Quase 1 copo de óleo;

1 iogurte natural ou 1 copo de leite;

4 colheres de açúcar;

2 pitadas de sal;

70 gramas de fermento;

1 goiabada cascão.

 

MODO DE PREPARAR:

Bata no liquidificador os ovos, o fermento, o óleo e o iogurte (ou o leite); despeje em uma tigela e acrescente o trigo, o sal e o açúcar e amasse muito bem. Caso seja necessário, coloque mais trigo. Faça pequenas bolinhas com a massa e coloque no meio delas pedaços de goiabada cascão; depois as deposite em uma forma redonda com buraco no meio.

 

CALDA:

1 lata de leite condensado;

1 vidro de leite de coco;

1 lata de leite.

(Mexa bem e jogue em cima da rosca ainda quente)

[/box]

 

Tradição a quatro gerações

 Não existem comemoração na família Sentinella sem a Torta de Cassata, que é a favorita dos netos e bisnetos de dona Jacina

Pedro não perde a oportunidade de saborear as delícias bisavó Jacira
Pedro não perde a oportunidade de saborear as delícias bisavó Jacira

Jacira Sentinella tem uma receita culinária que os três netos e o bisneto adoram: a TORTA DE CASSATA. O prato doce é excelente para o verão e o preferido de Pedro. “Gosto muito da Cassata da bisa; sempre tem quando é Natal ou aniversário”, expôs o bisneto. Jacira contou que aprendeu a fazer a guloseima ainda muito jovem com a mãe e que, desde então, nunca mais abandonou a prática que já agrada a quatro gerações. A receita da divina sobremesa foi cedida gentilmente por Dona Jacira.

[box]

TORTA DE CASSATA

INGREDIENTES

1 pacote de bolacha champanhe (ou maisena);

1 lata de leite condensado;

1 lata de leite de vaca;

3 ovos;

1 xícara de chá de água;

3 colheres de sopa de chocolate em pó;

6 colheres de sopa de açúcar;

1 colher de sopa de maisena;

1 lata de creme de leite congelado sem soro.

 

1ª CAMADA

Em uma panela coloque o leite condensado, o leite e as gemas; misture bem e leve ao fogo até levantar fervura sem parar de mexer. Forre um pirex retangular grande com as bolachas; despeje o creme ainda quente e reserve.

 

2ª CAMADA

Coloque em uma panela a xícara de água, três colheres de açúcar, o chocolate e a maisena; misture bem e leve ao fogo até engrossar levemente, mexendo sempre. Despeje sobre a camada anterior e reserve.

 

3ª CAMADA

Na tigela da batedeira coloque as três claras e bata até obter o ponto de neve; junte as outras três colheres de açúcar, adicione a lata de creme de leite congelado sem soro e bata mais alguns segundos. Distribua sobre a cassata e leve ao congelador por, no mínimo, uma hora.

[/box]

Qual sua opinião? Deixe um comentário: