O poder da fé é algo indiscutível. Mas conhecendo de perto a família do pequeno Rafael Ferreira da Silva Gois, de nove anos, é possível crer ainda mais!

Rafa, como é carinhosamente chamado pelo pais Andreza Mayara Ferreira da Silva Gois, Marcio Antônio Gois e pelo irmão Davi, de cinco anos, foi diagnosticado com um tumor no tronco encefálico, um glioma, em março de 2020 e o tempo de vida estimado pelos médicos era de no máximo um mês.

A mãe, que era professora, largou o trabalho, numa escola onde recebeu muito apoio, para poder acompanhar seu filho de perto, conta que Rafa está há um ano e oito meses passando por exames, mas leva uma vida normal, não sofre e é uma criança extremamente feliz, alegre e cheia de sonhos.

O pai trabalha fora e, ao lado da mãe, é pastor da Igreja Quadrangular no Distrito de Assistência, em Rio Claro. A fé os mantém firmes.

“O amor cura, a nossa fé é o que nos faz estar de pé, o Rafa sentiu uma dor na nuca, começamos a investigar e logo recebemos o diagnóstico, fomos para o Sírio-Libanês com ajuda de muitas pessoas. Fomos para Barretos, passamos por diversos profissionais, durante esse tempo, foram 45 radioterapias e o Rafa sempre forte”, contam os pais.

SONHOS

Após os últimos exames e de diversos tratamentos, os médicos orientaram os pais a realizar os sonhos de Rafael.

Questionado sobre o que mais deseja, o pequeno é enfático. “Quero conhecer o Neymar”, fala. Muito fã do craque, o menino comemora os gols que faz no campo da Assistência com as dancinhas eternizadas pelo astro.

Apaixonado por futebol e um jogador raro e caro, como os pais o chamam, Rafa emana amor por onde passa, são-paulino de coração, deseja conhecer o camisa 10 da seleção brasileira e também assistir a uma partida no Morumbi. O jogo Rafa irá prestigiar nos próximos dias.

O JC preparou um vídeo especial com a história de Rafa, compartilhe e contribua!

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Notícias:

Pharoah Sanders, saxofonista e lenda do jazz, morre aos 81 anos

Cresce número de crianças registradas por mães solo

JC nas Eleições debate dificuldade para Rio Claro eleger deputados