Claretiano confirma curso de Medicina para 2017

478

Antonio Archangelo

Prefeito Du Altimari (PMDB) ladeado pelo presidente da Fundação de Saúde, Geraldo Barbosa (à dir.), e diretor Pe. Luiz Botteon (à esq.)
Prefeito Du Altimari (PMDB) ladeado pelo presidente da Fundação de Saúde, Geraldo Barbosa (à dir.), e diretor Pe. Luiz Botteon (à esq.)

Durante entrevista coletiva no gabinete do prefeito Du Altimari (PMDB), o Claretiano Faculdade confirmou que gerenciará o curso de medicina em Rio Claro. A Portaria 696, de 1º de novembro, assinada pelo secretário de Regulação e Supervisão da Educação Superior, Maurício Costa Romão, foi publicada nessa quinta-feira (3) no Diário Oficial da União.

Convocando a mantenedora Ação Educacional Claretiana a comparecer ao Ministério da Educação (MEC), na Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior, no período de 4 a 18 de novembro, no horário de 14 às 17h, para entrega da Garantia de Execução nos termos do item 12.1 do Edital.

Em nota, por meio de sua assessoria, a Prefeitura citou que, “dentro de 90 dias, o Claretiano Faculdade deverá solicitar a vinda de técnicos do Ministério da Educação para avaliar a infraestrutura que começará a ser montada nos próximos dias para o funcionamento de um curso de medicina em Rio Claro com 55 alunos”.

“Temos a intenção de oferecer um curso que forme profissionais preocupados com o ser humano, especialmente das regiões que têm menos mão de obra para estes serviços”, anunciou Sávio Dezan Scopinho, diretor acadêmico do Claretiano Faculdade. Participaram da coletiva a secretária da Educação, Heloísa do Carmo, vereadores Agnelo Matos e Maria do Carmo, e os eleitos Carol Gomes, Yves Carbinatti e Hernani.

“Já temos os laboratórios básicos de fisiologia, anatomia e bioquímica, e vamos agora finalizar o acervo da biblioteca e definir as salas que serão ocupadas com o curso, que será diurno”, informou. Desta forma, o primeiro vestibular para o curso seria realizado em julho do ano que vem, anunciou o diretor da instituição padre Luiz Botteon

“Inicialmente, a faculdade de medicina em Rio Claro seria gerenciada pela Faculdade Anhembi Morumbi, primeira colocada no processo de seleção feito pelo governo federal. Com a desistência da vencedora, nesta semana foi publicado no Diário Oficial da União o anúncio da segunda colocada como responsável pelo curso”, citou a nota.

“É um momento histórico, me sinto muito orgulhoso de ser prefeito de Rio Claro, pois a faculdade de medicina não vai mudar para melhor apenas o setor de saúde da cidade, vai mudar toda a cidade”, disse o prefeito Du Altimari. A expectativa de Altimari é de que a região se torne um polo médico.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: