Centro Público abriga lojas da Economia Solidária

444

Laura Tesseti

Um jeito diferente de produzir, vender, comprar e trocar o que é preciso para viver, sem explorar ninguém, sem querer levar vantagem pessoal e sem destruir o meio ambiente.

Esse é o objetivo da economia solidária, projeto desenvolvido em Rio Claro pela prefeitura municipal, por meio da Secretaria de Assistência Social em parceria com o LAET – Laboratório de Estudos Territoriais, sendo que o Departamento de Geografia da Unesp contribuiu com pesquisas para a implantação do programa, bem como a cessão de um espaço para a realização das atividades.

De acordo com o poder público, os empreendimentos passam por um processo de incubação, o qual cria condições para as pessoas se organizarem para o trabalho coletivo ou autônomo, possibilitando a autogestão.

À disposição da população funciona atualmente no antigo prédio da Unesp, no bairro Santana, localizado na Rua 10, 2.527, o Centro Público, onde os produtos produzidos são comercializados. O horário de funcionamento é das 8 às 17 horas.

A Feira de Economia Solidária segue acontecendo, com o mesmo objetivo e os projetos desenvolvidos pelo programa, na Rua 3-A com Avenida Brasil, no Jardim América.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: