Carnaval pode aumentar casos da febre chikungunya no Brasil

69

Fabíola Cunha

Com grande fluxo de turistas entrando e saindo do país durante o Carnaval, pode ser registrado aumento de casos da doença
Com grande fluxo de turistas entrando e saindo do país durante o Carnaval, pode ser registrado aumento de casos da doença

Também transmitida pelo Aedes aegypti, o mesmo da dengue, a febre chikungunya já chegou ao Brasil e pode ter expansão de casos durante o período do Carnaval, devido ao grande fluxo de turistas que deve percorrer o país.

“Num primeiro momento de contato, acredito que tenhamos confirmações de resultado no panorama nacional, já há mais de 300 casos confirmados, muitos na Bahia, e teremos carnaval com grande deslocamento de pessoas não só para Bahia, mas para fora do Brasil, então temos que ficar atentos principalmente com o retorno dessas pessoas”, avalia a coordenadora do programa municipal de Combate à Dengue, Kátia Curado Nolasco.

De origem afro-asiática, a chikungunya entrou no hemisfério ocidental pelo Caribe no ano passado. Venezuela, Colômbia e Guiana Francesa também registram casos. A tendência é que a doença se instale por aqui também: “A doença em algum momento vai se instalar no panorama nacional”, explica Katia. Com sintomas parecidos com os da dengue, a febre também causa dores intensas nas articulações, que podem perdurar por meses.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: