Araras tem exposição de animais silvestres taxidermizados

110
Ramon Rossi

A Casa da Memória de Araras Pedro Pessotto Filho recebe a exposição “Animais silvestres taxidermizados: A fauna de Araras” até o dia 14 de outubro. Taxidermia é um termo grego que significa dar forma à pele, conhecido popularmente por “empalhamento”.

A exposição temporária faz parte das atividades de extensão realizada no Laboratório de Fauna da UFSCar (Universidade Federal de São Carlos), campus Araras. O acervo conta com 50 animais, entre aves, répteis e mamíferos da região, vítimas de atropelamento ou mortos em zoológicos.

As visitas devem ser realizadas de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h30. A finalidade da exposição é levar ao público em geral, mas, principalmente, aos alunos de ensino fundamental, médio e superior informações sobre a fauna brasileira com ênfase nas espécies que ocorrem na região de Araras.

Para agendamento de grupos, segundo a Secretaria Municipal de Cultura, gerenciadora da Casa da Memória, é necessário em contato com a instituição por meio dos telefones 3542-7602 e 3544-8156 ou pelo e-mail cultura@araras.sp.gov.br.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: