Ramon Rossi

Segundo o TSE (Tribunal Superior Eleitoral), mais de 23 mil eleitores ararenses ainda não realizaram o cadastro biométrico na cidade. O eleitorado do município corresponde 99.476 mil pessoas: 76.222 (com biometria) e 23.254 (sem biometria).

Os eleitores têm somente até essa quinta-feira (19) para fazer a biometria obrigatória e ficar em dia com a Justiça Eleitoral e, principalmente, com a documentação. Os cadastros acontecem no Cartório Eleitoral do município, localizado no CAM Antonio Casadei (Avenida Zurita, 681, Jardim Belvedere), das 9h às 18h.

         De acordo com a direção do Cartório, mais 600 senhas serão distribuídas nos últimos dois dias de cadastramento: 250 na quarta (18) e 350 na quinta (19).

“Não haverá prorrogação do prazo. Nesta semana, mais de 500 pessoas realizaram cadastros. Os eleitores que não realizarem a biometria terão seus títulos cancelados. Com isso, ele estará impedido de votar nas próximas eleições, além de não poder obter passaporte, renovar matrícula em instituição de ensino, obter empréstimo em bancos públicos e inscrever-se em concursos públicos”, explicou Júlia Gabriella Martins Barnabé, chefe de cartório substituta.

Quais documentos levar para o cadastramento biométrico?

No momento do atendimento, é obrigatório apresentar documento com foto (RG, CNH ou Carteira de Trabalho), comprovante de endereço (contas de água, luz, telefone ou outros), título de eleitor (apenas se tiver) e o CPF (Cadastro de Pessoa Física). A ação visa estimular o comparecimento do eleitor para fazer o cadastramento da biometria, que é obrigatório em Araras. O procedimento consiste na coleta de impressões digitais, foto e assinatura. Trata-se de um procedimento simples e rápido, que dura em torno de 15 minutos. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 3542-2207 (Cartório Eleitoral de Araras).