Antiga Telesp: prédio vira abrigo para andarilhos

326

Lucas Calore

Vizinhança reclama que moradores de rua causam muitas ‘badernas’ e usam drogas no antigo prédio no Bairro do Estádio
Vizinhança reclama que moradores de rua causam muitas ‘badernas’ e usam drogas no antigo prédio no Bairro do Estádio

O prédio que abrigou por anos a empresa Telesp (Telecomunicações de São Paulo) hoje está em estado de abandono no Bairro do Estádio. O imóvel, na Av. 33, entre as ruas 17 e 18, tem servido há semanas como moradia para andarilhos. Móveis queimados, garrafas de bebidas e muito lixo podem ser vistos na calçada e dentro do terreno do local.

Um morador que não quis se identificar, e que reside próximo ao local, se queixa: “Se apropriaram e ninguém faz nada. Poderia estar sendo usado para projetos sociais. Um prédio desse porte abandonado?”, questiona.

Já o professor Luís Guerreiro diz que já solicitou à Prefeitura a cessão do espaço. “Pedi para abrir uma casa de cultura lá. Eu poderia dar aulas de capoeira, 200 crianças poderiam ser atendidas, mas sempre foi negado”, lamenta.

Segurança

Até pouco tempo atrás, seguranças ficavam no local, porém a Vivo-Telefônica, que tomou posse do imóvel posteriormente à Telesp, teria retirado a função. Em nota à reportagem, a empresa afirmou que tomará providências necessárias dentro do menor prazo possível. A Prefeitura de Rio Claro foi consultada há dias sobre a questão e não retornou à reportagem.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: