Logo após sair da Delegacia de Investigações Gerais de Rio Claro (DIG), um amigo que prefere não se identificar e que estava com o cabeleireiro Claudinei Henrique Camargo horas antes dele ser morto, conversou com a reportagem do Jornal Cidade e contou detalhes do depoimento que deu a polícia.

A vítima foi encontrada morta na manhã desta terça-feira (26) em um terreno localizado atrás do ecoponto no Jardim São Paulo. Um homem que passava pelo local avistou o corpo e acionou a Guarda Civil Municipal. Henrique tinha marcas de facada e queimaduras. O cabeleireiro costumava fazer programas e já teria sofrido ameaça de outros travestis que usavam o mesmo espaço.

Confira tudo no vídeo