Aldo Demarchi assume o sexto mandato

99

Divulgação

Pela sexta vez consecutiva, o deputado estadual Aldo Demarchi assumiu o cargo na Assembleia Legislativa
Pela sexta vez consecutiva, o deputado estadual Aldo Demarchi assumiu o cargo na Assembleia Legislativa

Em solenidade realizada no domingo (15), na Assembleia Legislativa de São Paulo, Aldo Demarchi (Democratas) assumiu o sexto mandato consecutivo. Depois da posse, o deputado estadual Fernando Capez (PSDB) foi eleito, com 92 votos, para presidir a Mesa Diretora nos próximos dois anos. Ênio Tatto (PT) e Edmir Chedid (Democratas) foram reconduzidos aos cargos de primeiro e segundo secretários da Assembleia.

Acompanhado pela esposa, dona Candinha, outros familiares, amigos e correligionários, o deputado Aldo Demarchi lembrou a trajetória de vinte anos no Parlamento Paulista. “Não dá para esquecer a trajetória iniciada em 1994, quando defendemos a duplicação da Rodovia SP-127, a famigerada Estrada da Morte de triste memória. Para alegria de todos aqueles que cerraram fileiras na campanha em defesa da construção da nova pista, vencemos a luta e, em junho de 1997, a obra que tanto havíamos sonhado começou a ser executada, sendo concluída em setembro de 1998”, recorda Demarchi.

“Nosso trabalho no Legislativo de São Paulo, também, apresentou resultados em outras áreas, beneficiando não apenas Rio Claro e cidades vizinhas como a população do Estado como um todo. Defendi a destinação de recursos para as universidades públicas, verbas para a saúde, educação, assistência social e infraestrutura rodoviária e urbana, além de participar da instalação de serviços públicos importantes como Poupatempo, AME e restaurante Bom Prato”, acrescenta.

“Tenho, portanto, a consciência tranquila pelo dever cumprido e continuo fiel ao compromisso de honrar a confiança em mim depositada. Podem estar certos de que continuarei firme na defesa dos interesses da nossa população”, ressalta o deputado, que recebeu cumprimentos de autoridades como os senadores Aloysio Nunes e José Serra.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: