Vizinhos de imóveis abandonados pedem intervenção do município

354

Ednéia Silva

A grande quantidade de prédios fechados na cidade causa preocupação para quem mora na vizinhança. Preocupados, os vizinhos cobram providências das autoridades para resolver o problema.

Desta vez a queixa vem da Rua 1, entre as avenidas 24 e 26. São duas casas fechadas na região. Uma está abandonada há oito anos e a outra está fechada há um ano quando os últimos moradores se mudaram. Os vizinhos já flagraram indivíduos suspeitos pulando o muro de uma das residências. Além disso, insetos saem dos imóveis e invadem as casas vizinhas. Também há risco da dengue, visto que os prédios podem conter criadouros. Os vizinhos solicitam intervenção do poder público.

Vista da fachada de casa abandonada na Rua 1, entre as avenidas 24 e 26
Vista da fachada de casa abandonada na Rua 1, entre as avenidas 24 e 26

O abandono de imóveis também é um problema para quem mora na região da Rua 4 com a Av. 13. O prédio abandonado vem sendo ocupado à noite por um homem que fica gritando e atrapalhando o sono de quem residente nas imediações.

A prefeitura explica que os imóveis particulares são de responsabilidade dos donos e não pode multá-los por abandono de imóveis. Quando recebe denúncias, a prefeitura procura identificar o proprietário para fazer a notificação e pedir providências, mas ressalta que não tem poder legal de obrigar o dono a cuidar de seu imóvel.

Prédio abandonado na Rua 4 com a Avenida 13, no Jardim Donângela
Prédio abandonado na Rua 4 com a Avenida 13, no Jardim Donângela

2 COMENTÁRIOS

  1. É uma falta de vergonha na cara dos vereadores da nossa cidade. Depois ficam falando que a dengue esta dentro das nossas casas. A dengue esta dentro destas casas abandonadas e em terrenos baldios sujos onde os proprietários não cuidam deles. A prefeitura deveria multar pesadamente estes proprietários que deixam suas propriedades abandonadas, mas para não perderem votos nas eleições falam que não podem fazer nada.

  2. Sou morador da região do prédio abandonado da rua 4, e não sabemos mais o que fazer. Ja chamamos policia, guarda municipal, entramos em contato com Caps, Samu, prefeitura e tudo que indicaram a ser feito e não se resolve. O cidadão, é retirado no dia, mas no dia seguinte esta la gritando e xingando seu amigo imaginário novamente por horas e horas. Cadê o dono desse terreno pra derrubar de vez o galpão ou erguer o muro?

Qual sua opinião? Deixe um comentário: