VÍDEO: Unesp e escolas estaduais realizam greves e protestos contra cortes na educação

1204

A manhã desta quarta (15) foi marcada por uma passeata estudantes e professores da Unesp e professores do Ensino estadual. Durante o protesto, os manifestantes reivindicaram a manutenção das bolsas para pesquisas nas universidades públicas e pediram a saída do presidente Jair Bolsonaro.

O ato teve início na Unesp e seguiu pelas ruas da cidade até o Jardim Público, onde os manifestantes se reuniram para finalizar o protesto. Vale ressaltar que a manifestação aconteceu de forma pacífica, sendo que nenhum tipo de confusão ou tumulto foi registrado.

No período da tarde, outro ato está sendo organizado no Jardim Público de Rio Claro, onde pesquisadores irão expôr os seus projetos para defender a importância das verbas.

Greve em Escolas Estaduais

A Apeoesp, entidade que representa os professores da rede estadual, ainda não concluiu o balanço sobre adesão aos protestos nos 22 estabelecimentos de ensino localizados em Rio Claro, Ipeúna e Santa Getrudes. Um levantamento extra-oficial aponta adesão total em escolas como Carolina Seraphim, Oscália Góes, Batista Leme, João Negrão, Heloísa Marasca, Januário Pezzotti e Oscar de Almeida. Em outras unidades, como na escola José Cardoso, a adesão dos professores à paralisação foi parcial nesta manhã.

Segundo o diretor da Apeoesp em Rio Claro, Ademar Camelo, o balanço deve ser divulgado ainda na tarde desta quarta (15). Camelo e outros diretores se dirigem a São Paulo, onde participarão dos protestos agendados para esta tarde.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: