Velo vence o Capivariano por 2 a 1 e adia título para a última rodada

55

Matheus Pezzotti

Velo venceu em casa no último sábado
Velo venceu em casa no último sábado

Precisando apenas de uma vitória para se tornar o campeão da série A-2 na penúltima rodada, o Capivariano foi derrotado pelo Velo Clube por 2 a 1, na manhã do último sábado, no Benitão.

Os três gols aconteceram no primeiro tempo, que teve domínio do Rubro-Verde. No segundo, com um jogador a menos, o time velista segurou a pressão do Leão da Sorocabana e saiu de campo com os três pontos em sua despedida em casa no estadual. Tiago Bernardi abriu o placar para o Velo aos 28 minutos e Valdo ampliou dois minutos depois. Carlão descontou para o Capivariano aos 43 minutos.

O Velo soma 27 pontos e até o fechamento da edição do JC ocupava a sétima colocação, podendo ser ultrapassado por Ferroviária e Monte Azul. Já o Capivariano, que poderia ter saído com o título, se mantém na liderança com 37 pontos, três a mais que o Red Bull, e leva vantagem no número de vitórias (11 contra 9).

O JOGO

O Velo iniciou melhor, roubando bolas no meio de campo e explorando as laterais, enquanto que o Leão da Sorocabana cadenciava a partida, jogava com cautela e acabou dominado pelo Rubro-Verde, que pressionava e chegava com perigo, principalmente pelos lados do campo, um dos pontos fracos do time de Evaristo Piza.

E foi desta maneira que Adriano Garça criou as jogadas para os gols. No primeiro, após jogada do camisa 6, escanteio para o Rubro-Verde. Na cobrança, Paulinho mandou na primeira trave, Valdo desviou e a bola sobrou para Tiago Bernardi apenas tocar para o gol.

Dois minutos depois, novamente em jogada pela esquerda, Garça passou pelo marcador e cruzou à meia altura para Valdo, que apenas escorou para ampliar o placar.

O domínio velista continuou e Garça, em cobrança de falta, acertou o travessão. Porém, mesmo com poucas jogadas ofensivas, Carlão não desperdiçou quando recebeu passe em profundidade e na entrada da área acertou, bateu colocado, tirando do goleiro velista.

No segundo tempo, logo aos três minutos, Marquinhos fez falta em Melinho, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso.

Com isso, o Leão da Sorocabana fez o que já era esperado, lançou-se ao ataque, ficando apenas com três jogadores na defesa, enquanto que o Velo, com um jogador a menos, recuou, buscando os contra-ataques em velocidade, mas o forte calor fez com que o ritmo do jogo caísse drasticamente.

Em três oportunidades, o Rubro-Verde quase marcou. Primeiro com Valdo, que recebeu, entrou na área livre, mas demorou para chutar e foi desarmado. A segunda com Oliveira, que recebeu passe em diagonal dentro da área na direita e bateu forte rasteiro, mas Wanderson mandou para escanteio. Na cobrança Tiago Bernardi testou firme no alto, exigindo uma excelente defesa do goleiro do Capivariano, que pressionava, porém não criava chances claras de gol.

Nos acréscimos, em busca ao menos do empate, o time alvirrubro foi todo para o ataque, mas o Velo, todo fechado, segurou a vitória até o apito final.

“Erramos em alguns jogos, mas fizemos uma boa campanha. Se fosse outro formato, estávamos classificados para a próxima fase, mas vamos manter assim até a última rodada, buscando mais uma vitória para fazermos a melhor campanha do time na série A-2”, disse o zagueiro e capitão Tiago Bernardi, autor do primeiro gol velista no jogo, na saída do campo.

Para os jogos da última rodada das séries A-2 e A-3 não serem realizados no mesmo dia, a Federação Paulista de Futebol (FPF) adiantou os confrontos da A-2 para o sábado.

Com isso, no dia 12 de abril, o Velo Clube jogará contra o União Barbarense, fora de casa, enquanto que o Capivariano tenta garantir o título contra a Itapirense, em casa. Todos os jogos serão disputados às 10 horas da manhã.

DEIXE UMA RESPOSTA