Velo Clube goleia o Catanduvense por 4 a 1 e abre sete pontos do Z-4

115

Matheus Pezzotti

Leleco no momento do seu gol, abrindo o placar da goleada, aos 41 do primeiro tempo
Leleco no momento do seu gol, abrindo o placar da goleada, aos 41 do primeiro tempo

Sai zica! Pela primeira vez no campeonato, o Velo Clube marcou quatro gols, ao golear o Catanduvense por 4 a 1, na noite da última sexta-feira (20), no Benitão, pela 11ª rodada e volta a vencer depois de dois resultados negativos.

Os gols foram marcados por Leleco, aos 41 do primeiro tempo e na etapa final, por João Victor, aos sete, Judson, aos 28 e Ricardinho, aos 32. O Catanduvense descontou com um gol contra de Mizael, aos 34.

Com o resultado, o Rubro-Verde soma 14 pontos e abre sete da zona do rebaixamento, ficando na 11ª posição, enquanto que o time de Catanduva está em 18º lugar, com 6.

O Velo volta a jogar na próxima quarta-feira (25), às 20h30, contra o Paulista, fora de casa.

O JOGO
O Velo inicia no ataque, com toques rápidos, buscando as laterais, mas logo o Catanduvense equilibra o jogo e quase abre o placar com Leandro, ao receber dentro da área, mas chutar por cima.

O Rubro-Verde começou a errar muitos passes e tentava lançamentos que iam direto para a linha de fundo e com a chuva e campo molhado, nenhum time chutava a longa distância e a partida estava fraca tecnicamente.

Mas, com Valdo Gigante como pivô, Judson recebeu de frente, na entrada da área, mas bateu para fora, porém o Velo voltava a dominar. E aos 41, após bate-rebate na área, Leleco deu um belo drible no marcador e bateu cruzado, forte e rasteiro para abrir o placar, mas com dores na coxa, foi substituído no intervalo por Tom.

No segundo tempo, o Velo seguiu dominando e aos sete, após escanteio, João Victor subiu mais que a zaga e testou firme para ampliar. Aos 28, Tom recebeu inversão na direita e cruzou, Judson dominou e bateu forte no alto para marcar o terceiro e aos 32, Ricardinho recebeu e bateu forte da intermediária para marcar o quarto.

Dois minutos depois, cruzamento da direita, Mizael tentou tirar, mas acabou mandando para dentro do gol defendido por Rafael, marcando contra, o gol de honra do Catanduvense que depois seguiu pressionando, enquanto o Rubro-Verde administrava a goleada, porém, de maneira desorganizada, não levava perigo à meta velista.

“Hoje foi um dia para a bola entrar. Mais uma vez criamos várias oportunidades, mas a bola entrou. estamos treinando forte e crescendo na competição”, disse o técnico João Vallim, na saída do gramado.

FICHA TÉCNICA
VELO CLUBE 4 x 1 CATANDUVENSE
Local: estádio Benito Agnello Castelano, em Rio Claro.
Público: 354 pagantes.
Renda: R$ 8.160,00.
Árbitro: Marcelo Prieto Alfieri.
Assistentes: Leandro Fernandes Rodrigues e Maria Eliza Correia Barbosa.
Cartões amarelos: Rafael Pin (Velo Clube) e Fabiano (Catanduvense).
Gols: Leleco aos 41’/1T, João Victor (cabeça) aos 7’/2T, Judson aos 28’/2T, Ricardinho aos 32’/2T (Velo Clube) e Mizael (contra) aos 34’/2T (Catanduvense).

VELO CLUBE
Rafael Pin; Mizael, Tiago Bernardi, João Victor e Calixto; PC, Ricardinho (Teco), Niander e Judson; Leleco (Tom) e Valdo Gigante (Diego Higino). Técnico: João Vallim.

CATANDUVENSE
Guilherme; Jeferson (Dias), Paulão, Ricardo Oliveira e Marcelo Santos; Alemão, Juninho, Fabiano (Manjinha) e João Henrique; Leandro Guerreiro e Fabinho (Robinson). Técnico: Ivan Canela.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: