Vacinação contra HPV é intensificada para adolescentes

484

Divulgação

Até dia 28 de julho, a Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo promove uma intensificação da vacinação, com ênfase em adolescentes e pré-adolescentes, para imunizá-los contra o HPV (papilomavírus humano), Hepatite B e doença meningocócica C nos 4,3 mil postos de saúde em todo o Estado.

Serão distribuídas 758,6 mil doses para os municípios paulistas, contabilizando os três tipos de vacina e os quantitativos à imunização de rotina prevista para o mês de julho. Desde 2014, a cobertura vacinal entre meninas de 9 a 15 anos mantém-se em 61%; entre os garotos na faixa etária de 12 e 13 anos, que passaram a ser vacinados em janeiro de 2017, a cobertura é de 44%.

A vacinação contra o HPV está disponível para meninas na faixa etária entre 9 e 14 anos e para meninos de 11 a 14 anos. Entre o público feminino, a imunização auxilia na prevenção contra o câncer de colo de útero e vulva. Para meninos, a proteção é contra o câncer de pênis e ânus.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: