Uber leva manifestações ao Congresso

181

Divulgação

Em nome do #DireitoDeEscolha dos brasileiros, a Uber organizou na tarde desta terça-feira (4) uma forma de levar a Brasília algumas das milhares de manifestações feitas na segunda (3), nas redes sociais.

Um total de 3.000 cavaletes foram montados no gramado em frente ao Congresso para dar forma a essas vozes, que exigem o seu direito de escolher como se movimentar pelas suas cidades e que se opõem a uma legislação que acaba com a Uber como a conhecemos.

Há quase três anos, a Uber chegou ao Brasil oferecendo uma alternativa de transporte nos centros e nas periferias das cidades, além de uma oportunidade econômica para dezenas de milhares de pessoas. Só no último mês, mais de 13 milhões de pessoas se deslocaram pelo Brasil usando a Uber.

>>> Uber começa a circular em Rio Claro

Entre esta terça e quarta, o plenário da Câmara vai votar o PL 5587/16, que não tramitou em nenhuma das comissões da Casa. O texto inicial do projeto era claro: buscava proibir a Uber e os outros aplicativos de intermediação de transporte e mobilidade em todo país. O texto que deve ser submetido ao plenário na quarta feira pretende, sob a promessa de “regulamentar os aplicativos”, transformar os seus serviços e os serviços prestados pelos motoristas parceiros em sistemas convencionais de táxi.

Pesquisa do Instituto Datafolha revelou que 90% dos brasileiros que opinaram acham que alternativas como a Uber devem ser permitidas no país. Em algumas regiões, como Norte e Centro-Oeste, esse número chega a 91,8%. Na mesma pesquisa, 82% dos entrevistados disseram usar a plataforma Uber para chegar a lugares onde tinha dificuldade de chegar usando transporte público ou táxi e 74% disseram que usam a plataforma Uber para evitar beber e dirigir. A pesquisa, com margem de erro de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos, entrevistou 2.073 pessoas em 130 cidades.

Série Bronze

var divElement = document.getElementById(‘viz1499292571085’); var vizElement = divElement.getElementsByTagName(‘object’)[0]; vizElement.style.minWidth=’424px’;vizElement.style.maxWidth=’654px’;vizElement.style.width=’100%’;vizElement.style.minHeight=’629px’;vizElement.style.maxHeight=’929px’;vizElement.style.height=(divElement.offsetWidth*0.75)+’px’; var scriptElement = document.createElement(‘script’); scriptElement.src = ‘https://public.tableau.com/javascripts/api/viz_v1.js’; vizElement.parentNode.insertBefore(scriptElement, vizElement);

Qual sua opinião? Deixe um comentário: