Tigre confirma férias coletivas para 200 funcionários em Rio Claro

1787

A informação de que 50 novas demissões irão ocorrer na empresa Tigre, em Rio Claro, não foi negada nem confirmada pelo grupo. Nos últimos dias, a notícia tomou conta das redes sociais e trabalhadores ficaram apreensivos sobre a suposta crise. À reportagem, a empresa declarou que avalia o mercado para tomada de futuras decisões, não deixando claro se irá, de fato, demitir esses funcionários.

A única confirmação da companhia é a de que serão concedidos dez dias de férias coletivas para 200 colaboradores da unidade no fim do mês de março. Ainda, informou que em razão da queda no volume de produção, 60 colaboradores da fábrica de Rio Claro foram desligados nos últimos meses.

O representante do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Material Plástico, Químicas e Farmacêuticas de Rio Claro e Região, Francisco Quintino, declarou ao Jornal Cidade que a entidade está em diálogo com o Grupo Tigre para que não ocorram essas demissões na empresa nos próximos dias. “A Tigre informou ao sindicato que devido queda  no mercado e ociosidade das linhas de produção precisará fazer ajustes”, disse Quintino.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: