Temperatura típica do verão também debilita saúde de animais

85

Fabíola Cunha

Se queima seus pés e mãos, queima as patas deles! Nunca deixe seu cão caminhar sobre superfícies, como calçadas e asfalto, sem verificar temperatura antes
Se queima seus pés e mãos, queima as patas deles! Nunca deixe seu cão caminhar sobre superfícies, como calçadas e asfalto, sem verificar temperatura antes

Um erro comum que cometemos no trato com animais de estimação é considerar que em todos os aspectos eles são mais resistentes que nós. No que diz respeito à temperatura ambiente, eles são especialmente sensíveis: “Como a superfície de transpiração dos animais é pequena comparada à dos humanos, eles sofrem mais com o calor excessivo, o que os tornam mais frágeis que nós”, avalia a médica veterinária Luciana Zanfelício.

Luciana explica que os cães e gatos transpiram pelos chamados “coxins plantares” (as ‘almofadinhas’ das patas) e pelas narinas, além de perder calor pela respiração, salivação e também contato com superfícies mais frias. Outra pequena quantidade de calor também é perdida pela urina e pelas fezes.

Ela conta que, nesta época do ano, atende mais casos de hipertermia (quando há elevação da temperatura do corpo acima do normal por exposição excessiva ao sol e exposição a ambientes de intenso calor, por exemplo). Segundo ela o problema ocorre “principalmente devido a passeios em horários inapropriados, e porque muitos donos se esquecem de levar consigo uma garrafa d’água fresca para seu animal”.

Os melhores horários para levar o bichinho para um passeio é antes das 9h e depois das 18h (como estamos em Horário de Verão, correspondem a 8h e 17h, respectivamente).

Outro fator que deve ser observado pelos tutores é a cor e tipo de pelagem. Cães e gatos com pelos escuros vão absorver mais calor e sofrer mais; já os com pelos mais claros têm que ser protegidos do sol direto, pois podem desenvolver câncer de pele: “Procure passar protetor solar nas áreas desprovidas de pelos”, orienta Luciana.

Dicas

O alívio para os bichinhos pode ser proporcionado deixando água fresca sempre disponível, mantendo o animal em local ventilado e com sombra, tosando o pelo longo de algumas espécies ou escovando para retirar pelo solto, dando banhos gelados em horários de maior calor e nunca deixando o animal dentro do carro sob o sol. As aves também sofrem e uma alternativa é borrifar água fresca nas gaiolas.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: