Técnicos do Dnit vistoriam área da ferrovia em Rio Claro

284

Equipe técnica do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) está em Rio Claro para vistoriar a área da ferrovia nas imediações da Avenida 22-A que foi atingida por incêndio no mês passado. A vinda dos técnicos a Rio Claro atende pedido do prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, que tratou do assunto na semana passada com o diretor Charles Magno Beniz, em Brasília.

Os técnicos estão verificando qual é a área da ferrovia pertencente à CPOS (Companhia Paulista de Obras e Serviços) e identificando quais bens pertencem ao Dnit. O levantamento deve ser concluído nesta quarta-feira (5). “Somente depois disso será possível definir o que será feito”, explica Renan de Oliveira Teixeira, coordenador de Patrimônio Ferroviário do Dnit, que veio a Rio Claro acompanhado do técnico administrativo Pedro Henrique Mello Pereira.

O prefeito Juninho da Padaria destaca a importância da vistoria para o município e a comunidade. “Estamos trabalhando para encontrar uma solução definitiva para essa área, um antigo problema da cidade que se agravou com o incêndio”, comenta.

Além do Dnit, a prefeitura também trabalha junto à CPOS, proprietária da área, para diminuir o antigo paredão da Fepasa na Avenida 22-A. Outra ação que vem sendo trabalhada é a transferência das oficinas de vagões da região central para o Jardim Guanabara. Em julho deste ano, teve início o Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTA), primeira etapa do processo de transferência.

Também participaram da vistoria nesta terça-feira (4) os secretários municipais Francesco Rotolo (Governo), Gilmar Dietrich (Finanças), Paulo Roberto de Lima (Obras) e Rodrigo Ragghiante (Negócios Jurídicos).

DEIXE UMA RESPOSTA