Suspeito de integrar quadrilha que roubou empresa de valores é preso em RC

3143

A Polícia Civil do Estado de São Paulo, por meio da Delegacia Seccional de Araçatuba, realiza desde a madrugada desta quinta-feira (28) a Operação Homem de Ferro com o objetivo de prender criminosos especializados em roubo à Bases de valores e o cumprimento de mandados de buscas e apreensões.

As atuações acontecem de forma simultânea em todo o Estado (Capital, Grande São Paulo, Região de Campinas, Piracicaba, Rio Claro, Presidente Prudente e Araçatuba), além de outros Estados como Mato Grosso do Sul, Goiás, Minas Gerais e Piauí).

Rio Claro

Um indivíduo de 36 anos, que integrava a quadrilha na ação de roubo a empresa Protege na cidade de Araçatuba em outubro do ano passado foi preso em Rio Claro. De acordo com as investigações que acontecem há nove meses, o preso seria o chefe do grupo que explodiu parte do prédio da empresa e roubou aproximadamente R$ 10 milhões. Para cometer o crime, os criminosos cercaram o batalhão do CPI-10 (Comando de Policiamento do Interior) com dois caminhões que foram incendiados para impedir a saída das viaturas.

Com um arsenal de guerra, os bandidos atiraram contra os policiais. Também houve bloqueio na rodovia Marechal Rondon (SP-300) e um policial civil foi morto a tiros durante a ação criminosa.

DEIXE UMA RESPOSTA