Semana “Ogum” termina com música

80

A Semana “Ogum e Suas Origens Culturais – A cultura africana entre nós”, em Rio Claro, chega ao fim neste domingo (28), com atividades gratuitas das 11 às 16h no Centro Cultural “Roberto Palmari”, na Rua 2, 2.880, Vila Operária.

A assessora de Direitos Raciais, Josiane Martins, avalia que a semana “já vem acontecendo no município de Rio Claro há seis anos e, a cada ano, temos alcançado nossa expectativa que é de criar o diálogo construtivo sobre tudo aquilo que faz parte do contexto negro afro-brasileiro, para que assim todo o preconceito, racismo e intolerância sejam substituídos por uma cultura de paz”.

Essas ações, segundo ela, são ainda mais importantes dentro do contexto vivenciado no país: “Essa conscientização é indispensável nos dias atuais”, afirma.

Neste domingo participam integrantes do Projeto Construindo o Saber: As Ayabás, grupo de percussão exclusivamente feminino, que além de música leva ao público dança. Grande roda de capoeira será realizada com a participação de mestres de vários grupos.

O grupo Jeito Simples fará apresentação com muito samba e pagode. Produtos de artesanato e culinários estarão em exposição e à venda na feira de afroempreendedores.

“É visível o aumento do público que visita a exposição. De um modo geral o público participa das palestras propostas, de forma ativa, fazendo perguntas e participando das demais atividades realizadas, e isso mostra a receptividade ao diálogo e ao formato propostos”, analisa Josiane.

Exposição

No Casarão da Cultura, até o dia 25 de maio, o público poderá conferir exposição de peças do acervo da Federação Umbandista Caminho dos Orixás, que reúne peças africanas, incluindo instrumentos musicais e esculturas. A visitação é de segunda a sexta-feira das 9 às 16 horas. O Casarão fica na Avenida 3 com a Rua 7.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: