Saúde de Rio Claro transportou mais de 40 mil pacientes

227

A Fundação Municipal de Saúde registrou a remoção e transporte de uma total de 41.513 pacientes no período de janeiro a outubro deste ano, por meio de seu departamento de transportes.

Pela linha 160, que recebe os pedidos para transporte de pacientes em ambulâncias e outros veículos para locais dentro do perímetro urbano, foram transportados 23.441 pacientes e, em viagens para unidades de saúde e tratamentos fora de Rio Claro foram transportados outros 18.072 pacientes.

Para o transporte intermunicipal a Secretaria Municipal da Saúde conta com um total de 15 veículos, sendo sete ambulâncias, quatro vans e quatro carros menores, e em boa parte deles são conduzidos mais de um paciente. A média é de seis por viagem, mas há vans que transportam até 15 pessoas.

“Trata-se de um setor estratégico e de muita importância para a saúde municipal, seja no transporte municipal ou nas remoções de pacientes para tratamentos e exames em outras cidades”, afirma o secretário municipal de Saúde Djair Francisco.

Para reforçar o transporte intermunicipal, a Fundação Municipal de Saúde recebeu na semana passada mais uma ambulância equipada e que deverá entrar em circulação nos próximos dias após passar pelas revisões necessárias.

Além dos veículos para as viagens intermunicipais, a frota do setor conta ainda com as ambulâncias brancas da Linha Saúde, que são utilizadas pela equipe de motoristas para remoções dentro da cidade, ou seja, das residências para unidades de saúde ou de uma unidade para outra. Para o transporte municipal são sete veículos, sendo três vans com maca, três kombis e uma van para cadeirantes.

“Esse é um serviço essencial prestado pelo município e estamos redobrando esforços para ampliar ainda mais esse atendimento”, afirma o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, lembrando que neste ano a frota foi ampliada. No ano passado, o governo federal autorizou que duas ambulâncias excedentes do Samu fossem adaptadas e utilizadas pelo município para o transporte de pacientes.

“Levamos muitos para tratamentos e exames em São Paulo e outras cidades”, explica Rodinaldo Pinto, que comanda equipe de 51 motoristas como gerente de transportes da Secretaria Municipal de Saúde. Ele explica que o transporte de paciente para outros municípios é feito a partir de encaminhamento médico. “Com esse documento, a pessoa deve procurar o setor de transportes da Secretaria de Saúde, que fica no Núcleo Administrativo Municipal, para agendar o atendimento”, diz.

Mais informações sobre o transporte de pacientes feito pelo município podem ser obtidas no setor de Transporte da Secretaria de Saúde pelos telefones 3525-2070 ou 3524-8155.

DEIXE UMA RESPOSTA