Samuca apresenta novo mestre de bateria

158

Valdira Guimarães Augusto

Ricardo Rubini, fundador do grupo Batuque da Nega e ritmista da Samuca desde 1989, é o novo mestre de bateria da escola
Ricardo Rubini, fundador do grupo Batuque da Nega e ritmista da Samuca desde 1989, é o novo mestre de bateria da escola

A escola de samba Samuca conta com novo mestre de bateria: Ricardo Rubini. A apresentação oficial ocorreu no domingo, 1º de junho, quando a agremiação deu início às atividades com a escolinha de bateria, visando os preparativos para o Carnaval 2015. O músico, fundador do grupo Batuque da Nega e ritmista da agremiação desde 1989, afirma que este é, além de um desafio, uma grande responsabilidade. Seu objetivo é colocar em prática o projeto, não apenas musical, mas que também tem caráter social. Paralelamente, a Azul e Branco está em ritmo de comemoração aos 40 anos de fundação.

“O principal objetivo com este projeto da escolinha, mais do que formar batuqueiros para o Carnaval, é formar ritmistas e cidadãos, pessoas que possam levar, independentemente da música, o conhecimento que vamos tentar passar para a vida toda. Mas, como ritmistas, que possam conhecer o instrumento musical e, ao chegarem em outras escolas de samba, seja em São Paulo ou Rio de Janeiro, estejam preparados para representar o nome da Samuca”, analisa o novo mestre de bateria.

A escolinha de bateria teve início nesse domingo com a participação de 22 inscritos. Ricardo Rubini avisa aos interessados em participar das aulas que podem se dirigir à sede da agremiação, aos domingos, a partir das 18 horas; ou obter mais informações na página da Samuca através do Facebook.

“Estou esperançoso para que consiga desenvolver este trabalho, juntamente com minha equipe, composta por Eduardo Conduta, o Di Menor; Felipe Arnosti; Jéssica Ferreira; Luiz Carlos, o Buda; Leonardo Leitão e Rodrigo Vitti; além de contar com a colaboração de Caritá, Ana Cecília e Flávio Wetten. Também quero agradecer, em meu nome e dos diretores de bateria, ao presidente Welson Camargo, ao vice-presidente Celso Rosalen e toda a diretoria da escola, por toda a confiança que nos foi dada para desenvolver este trabalho”, enaltece Rubini.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA