Rogério Pascon fala sobre demissão voluntária

350

Vivian Guilherme

O prefeito Rogério Pascon deve reduzir em 20% o número de cargos comissionados. A exigência vem de um Termo de Ajustamento de Conduta assinado pelo prefeito, que exige a redução de gastos com folha de pagamento. Para reduzir, o prefeito enviou à Câmara o projeto para demissão voluntária de funcionários e também colocar funcionários de carreira em funções que hoje são de comissionados.

“Santa Gertrudes já é uma cidade em que 50% dos comissionados são servidores de carreira, na educação 100% são da própria rede e isso é salutar na vida pública, e nessa proposta de reestruturação, que enviaremos à Câmara, criaremos cargos que só poderão ser ocupados por servidor de carreira”, apontou Pascon.

O prefeito lembrou ainda que são medidas para enxugar onde for possível para poder investir em outras áreas: “Estamos passando por uma dificuldade financeira em que priorizamos pagar fornecedores e servidores, 2016 foi um ano difícil, mas conseguimos entrar em 2017 com sinal verde. Tomamos algumas medidas como cancelar eventos, como Carnaval e outras festas. Não sabemos o que vai acontecer, pensamos que vai melhorar, mas estamos com pé no chão para poder ter um ano tranquilo e não faltar nada para educação e saúde”, afirmou.

Pascon destacou ainda que segue para a Câmara o projeto do Refis, para parcelamento das dívidas com IPTU. “Eu aproveito para fazer um apelo à população para cumprir os deveres no pagamento do IPTU, no ano passado 40% da população de Santa Gertrudes não pagou o IPTU. É um índice muito alto”, concluiu o prefeito.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: