União de esforços mantém projeto de equoterapia social

114

Uma boa notícia para a comunidade de Rio Claro. O projeto de equoterapia realizado na cavalaria da Polícia Militar, que recentemente encerrou os serviços na cidade, terá continuidade em nova casa. As atividades da escola de equitação serão desenvolvidas no Clube de Cavaleiros, que já desenvolve trabalho semelhante em sua sede na Floresta Estadual Edmundo Navarro de Andrade (Feena). A manutenção do projeto foi possível graças à união de esforços do poder público, PM, entidades e comunidade.

“A união dos vários segmentos sociais vibilizou a manutenção desse projeto que atende dezenas de crianças. São pessoas assim que ajudam o poder público a fazer a diferença”, comentou o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, no evento realizado para anunciar as novas regras de funcionamento da escola de equitação. O projeto atende 30 crianças que praticam volteio interativo, além de ajudar nos cuidados com os cavalos.

A equoterapia social é desenvolvida por meio de parceria entre a Secretaria do Desenvolvimento Social, Udam, Polícia Militar, Instituto Carlos Roberto Hansen, Casa das Crianças, Educandário Santa Maria Goretti e, agora, o Clube de Cavaleiros. Além da equoterapia, também será mantido o cinosocial desenvolvido pelo canil da PM, em parceria com a prefeitura e entidades, que atende mais de 100 crianças.

O vice-presidente da Udam, Adriano Marchi, comemorou a manutenção do projeto. “A escola de equitação permite que as crianças que não têm condições de pagar por uma aula também pratiquem esse esporte”, disse. O comandante da PM, tenente-coronel Márcio Silveira Franco, enalteceu o esforço de todos os envolvidos para manter o projeto que investe na formação das crianças.

Também participaram do evento Marco Antonio Bellagamba, vice-prefeito e secretário de Segurança; Paula Silveira Costa, presidente do Fundo Social de Solidariedade; Érica Belomi, secretária do Desenvolvimento Social; Aldo Demarchi, deputado estadual; juiz Cláudio Pavão, diretor do Fórum; Renata Cristina Murbach, presidente do Clube dos Cavaleiros; Cristina Manprim Losano, presidente da Equoterapia; José Renato dos Santos, gestor da Feena; Mozart Gramiscelli Ferreira, presidente da OAB; Augusto Pedro Prochnon Júnior, presidente da Casa das Crianças; capitão Bovo e sargento Marucci, da PM;  os veadores Júlio Lopes, Seron, Adriano La Torre e Geraldo Voluntário; crianças atendidas pela Udam e pelo Educandário; entre outros participantes.

COMPARTILHAR

Deixe um comentário