Tribunal condena réu por homicídio

1231

Lucas Calore

O Tribunal do Júri reconheceu, por votação majoritária nessa terça-feira (10), que o réu julgado, é culpado pela autoria do homicídio que vitimou Rogério Aparecido de Andrade no dia 3 de janeiro de 2015.

O crime ocorreu por volta das 20h30 na Avenida 18, próximo a uma caixa d’água, em um Conjunto Habitacional no bairro Maria Cristina. Rogério foi encontrado caído no asfalto pelos policiais militares com uma perfuração na região da cabeça.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) chegou a ser acionado e constatou o óbito no local. Moradores da região relataram que, no momento dos disparos, pensaram que o barulho seria de “bombinhas”. O crime foi o segundo homicídio registrado naquele ano. Somente no mês de janeiro, quatro assassinatos ocorreram em Rio Claro. O autor do crime já está recluso na Penitenciária de Piracicaba motivado por outro crime. O juiz da comarca Rio Claro, Walter Ariette dos Santos, estabeleceu a pena de 19 anos para esse homicídio.

Júri

O próximo tribunal do júri está marcado para o dia 17 de outubro, no Fórum Rio Claro.

COMPARTILHAR

Deixe um comentário