Rodovia Limeira/ Cordeirópolis segue em impasse

648

A Prefeitura de Cordeirópolis deu mais um passo sobre a questão da Rodovia Cássio de Freitas Levy (Limeira/ Cordeirópolis). Após discutir a questão com os vereadores do município, o prefeito Adinan Ortolan, juntamente com o secretário de Negócios Jurídicos, Joaquim Dutra, e o procurador do município, Marco Antônio Magalhães, se reuniu com o promotor Luiz Alberto Segalla Bevilacqua para conversar sobre as preocupações envolvendo a segurança e o futuro da rodovia.

“Nós informamos que não prosperou a negociação com o município de Limeira e a Promotoria se comprometeu a analisar e buscar as medidas cabíveis para garantir que os recursos sejam melhor aplicados na rodovia. Diante disso, acreditamos que o Ministério Público é um aliado importante na melhora das condições da Limeira-Cordeirópolis e seguimos abertos para a negociação com a Prefeitura de Limeira, desde que haja uma proposta que seja definitivamente salutar para os cidadãos que dependem desta via”, pontuou o prefeito Adinan Ortolan.

Em fevereiro deste ano, Ortolan se reuniu com o prefeito de Limeira, Mario Botion, para um possível acordo entre as administrações, a fim de melhorar as condições da rodovia e, sobretudo, garantir que o recurso arrecadado com o pedágio seja empregado exclusivamente na via. A responsabilidade de Limeira enquanto detentora dos recursos do pedágio nunca foi formalizado.

No fim de outubro, os vereadores de Limeira aprovaram a criação da Comissão de Assuntos Relevantes para a elaboração e apreciação de estudos referentes à responsabilidade sobre o pedágio na SP-017.

Câmara

O foco de trabalho dos vereadores de Limeira será entender o planejamento de manutenção que o Executivo tem para a via e como os recursos do pedágio são utilizados.

COMPARTILHAR

Deixe um comentário