GCM aplica 5 multas por dia pelo uso de celular ao volante

108

Há um ano que a lei que dispõe sobre o uso de celular no trânsito foi sancionada no Brasil. A mudança passou a atingir o ato de manusear ou segurar o aparelho, além de fazer ligações enquanto se dirige. Em Rio Claro, a fiscalização quanto a esse tipo de infração está a cargo da Guarda Civil Municipal (GCM) e Polícia Militar (PM).

O condutor tem que desembolsar R$ 293,47 e ainda perderá sete pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação) se for flagrado falando ao celular ou apenas manipulando o equipamento eletrônico.

Município

A pedido da reportagem do Jornal Cidade, a Secretaria Municipal de Segurança e Mobilidade Urbana de Rio Claro fez um levantamento estatístico de quantas infrações foram registradas pela equipe da GCM. A média registrada por dia é de 5 multas aplicadas pelo uso do celular no trânsito.

Entre o dia 1º de janeiro e 9 de novembro de 2017, o município registrou 588 autuações de motoristas por utilização de celular ao volante. No mesmo período foram feitas 583 autuações de motoristas segurando celular enquanto dirigiam e 529 autuações de motoristas manuseando celular e dirigindo ao mesmo tempo.

O secretário de Segurança, Marco Antonio Bellagamba, frisa que o uso indevido de celular é atualmente um dos grandes vilões do trânsito e reforça a orientação para que a população respeite as leis e ajude a evitar acidentes.

“O uso de celular ao volante aumenta consideravelmente os riscos no trânsito, quem faz isso está colocando em risco a própria vida e a vida de terceiros”, destaca. O secretário de Segurança lembra que os pedestres também devem ficar atentos e evitar o uso de celular ao circularem pelas vias públicas, principalmente ao atravessarem as ruas e avenidas.

PM

A Polícia Militar, por meio do Detran.SP (Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo), também promove a fiscalização nesse sentido. No primeiro semestre de 2017 foram aplicadas 184 multas aos motoristas por dirigirem veículos utilizando-se de fones nos ouvidos, aparelhagem sonora ou manuseando o celular no perímetro urbano de Rio Claro.

COMPARTILHAR

Deixe um comentário