Estudo propõe conscientização ao descarte de lixo

74

Lucas Calore

Inaugurados há alguns anos em Rio Claro, os ecopontos são locais a serviço da população para depósito de resíduos. Mensalmente são depositadas, em média, de 15 a 16 toneladas de materiais. A mestranda em Geografia pela Unesp, Jessica Corgosinho Marcucci, tratou em uma pesquisa sobre o gerenciamento de resíduos sólidos no município com ênfase nos ecopontos.

De acordo com Marcucci, o estudo foi elaborado para debater a importância desses espaços nas ações da administração municipal e no engajamento da população para que esses locais sejam eficazes nessa gestão. Um material didático foi produzido e distribuído contendo mapas e considerando a distância de cada ecoponto.

“Em alguns casos as pessoas colocam resíduos em espaços inapropriados, sendo que, às vezes, próximos aos ecopontos. Mas, dentro desses limites, ou seja, os maus hábitos da população, há possibilidades, como a identificação de possíveis áreas para implantação de novos ecopontos, como também ampliação do incentivo à separação e descarte correto de materiais, prezando pela coleta seletiva e reciclagem”, relata Jessica.

Pode ou não pode?

De acordo com a Prefeitura Municipal, pode ser depositado nos ecopontos até 1m³ de galhos, restos de podas de árvores e entulho de materiais de construção; móveis, eletrodomésticos, madeiras MDF, colchões e outros objetos velhos; pilhas e materiais recicláveis, lâmpadas e óleo de cozinha, em caçambas distintas para cada tipo de resíduo. Os ecopontos não recebem lixo hospitalar, resíduos orgânicos e materiais de empresas.

Os ecopontos estão no Cervezão (Rua 6, Av. M-21), Jd. São Paulo (Rua 1-A), São Miguel (Anel Viário, Av. 62-A), Inocoop/Guanabara (Tancredo Neves com a Rodovia Fausto Santomauro), Jd. Figueira (Av. 54 com Rua 27) e Jd. das Palmeiras (Av. 3-JP, ao lado da Estação de Tratamento). Os locais abrem de segunda a sábado das 8h às 20h, feriados das 8h às 17h. Vale lembrar que há outros serviços gratuitos oferecidos pelo município para o correto descarte de materiais, como a operação cata-bagulho, a coleta seletiva de lixo e a coleta de lixo domiciliar.

COMPARTILHAR

Deixe um comentário