Rio Claro realiza obras em quatro locais de atendimentos sociais

104

Milhares de rio-clarenses são atendidos em equipamentos públicos da Secretaria do Desenvolvimento Social de Rio Claro. E para melhor atender essas pessoas, com foco no acolhimento e cuidado, a prefeitura realiza quatro obras que representam importantes melhorias a esses serviços.

Estão programadas para começar na segunda-feira (15) reformas nos prédios do Cadastro Único e do Centro Público de Economia Solidária e nos quiosques da Rua 1. Há ainda uma quarta obra no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do Jardim Independência, cujos serviços já começaram a ser feitos.

“Sabendo da importância destes serviços para atender as pessoas que mais precisam, buscamos parceria com o governo federal e conseguimos recursos para realizar as melhorias”, destaca o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria. “Só no Cadastro Único são atendidos cerca de 13 mil rio-clarenses e a nossa administração tem o compromisso de trabalhar especialmente pelas pessoas menos favorecidas”, acrescenta Juninho.

No Centro Público de Economia Solidária será realizada instalação de gradis, para aumentar a segurança no local, e reforma no telhado. Já os quiosques instalados na Rua 1, onde empreendedores solidários comercializam seus produtos terão nova base em alvenaria, troca das instalações elétricas, substituição das chapas corroídas por chapas galvanizadas e pintura. Além de oferecer melhores condições para quem utiliza o espaço, a medida busca dar maior visibilidade ao local e atrair mais consumidores.

No Paço Municipal, o prédio do Cadastro Único será modernizado com novos equipamentos e readequação da estrutura. “Todo o trabalho que está sendo realizado é para proporcionar à comunidade mais qualidade no atendimento, além de oferecer também à equipe melhores condições de trabalho”, frisa Érica Belomi, secretária do Desenvolvimento Social.

No Cras do Jardim Independência as melhorias incluem estrutura física do prédio e paisagismo. Mesmo com as obras os atendimentos realizados pelo Desenvolvimento Social não serão interrompidos. À exceção do Cadastro Único, que terá o seu trabalho temporariamente realizado nos Cras e Atende Fácil, os demais atendimentos não terão alteração durante as obras.

“Pedimos a compreensão da comunidade no caso de eventualidades”, comenta Érica. “Estamos trabalhando para oferecer o melhor atendimento à população”, finaliza.

DEIXE UMA RESPOSTA