Rio Claro inicia os Jogos Regionais com títulos na capoeira

112

Matheus Pezzotti

Time de futsal masculino estreou com goleada de 9 a 1 sobre a cidade de Aguaí. Ao lado, a capoeira masculina e feminina posa para fotos com o troféu de campeões da modalidade
Time de futsal masculino estreou com goleada de 9 a 1 sobre a cidade de Aguaí. Ao lado, a capoeira masculina e feminina posa para fotos com o troféu de campeões da modalidade

Em busca do tricampeonato, Rio Claro iniciou com resultados positivos sua participação na 59ª edição dos Jogos Regionais, em São José do Rio Pardo.

Com uma delegação de aproximadamente 600 integrantes, o município trabalha para repetir neste ano o sucesso dos anos anteriores.

As disputas começaram na última quinta-feira (2), quando Rio Claro já conquistou suas primeiras medalhas com a capoeira e saiu na frente na classificação. Nesta modalidade, a categoria feminina conquistou três medalhas de ouro e uma de bronze, sagrando-se campeã geral. O masculino também foi campeão geral, ao conquistar três medalhas de ouro e uma de prata.

Ainda na quinta-feira, as equipes feminina e masculina de futsal estrearam com vitória. O time feminino derrotou Paulínia por 5 a 1 e o masculino superou a equipe de Aguaí por 9 a 1. Na modalidade damas, a vitória de Rio Claro foi sobre Itatiba, pelo placar de 20 a 0. Foram realizados também congressos técnicos de natação e ciclismo.

Na sexta-feira (3), no tênis de campo, Rio Claro venceu as duas partidas e eliminou a equipe de Campinas por 2 a 0, com Leonardo Kirche e Max Esteves como os representantes rio-clarenses na disputa. Na segunda rodada de damas, Rio Claro venceu Bragança Paulista por 11 a 1.

As competições acontecem até 11 de julho e Rio Claro disputa com mais 47 cidades integrantes da 4ª Região Esportiva, dentre elas Araras, Campinas, Cordeirópolis, Leme, Limeira, Mogi Mirim e Santa Gertrudes.

TOCHA OLÍMPICA

De acordo com o chefe da equipe esportiva da Jovem Pan, Luiz Carlos do Nascimento, o secretário de Esportes, Reginaldo Breda, esteve, na última sexta-feira, em Brasília, acompanhando a solenidade de apresentação da Tocha Olímpica do Rio 2016.

Segundo Nascimento, o secretário comentou que Rio Claro deve ser escolhido entre os 300 municípios onde a chama olímpica vai passar.

Até o momento, foram divulgadas apenas 83 cidades que farão parte deste revezamento da tocha, começando no Brasil, pela capital Brasília, com a data a ser definida em maio do próximo ano, encerrando a jornada no dia 5 de agosto de 2016, quando o último condutor acenderá a Pira Olímpica durante a cerimônia de abertura dos Jogos, no estádio do Maracanã.

Serão 12 mil condutores, cada um percorrendo cerca de 200 metros com sua tocha, com duração desta etapa de 90 a 100 dias. Serão 20 mil quilômetros por estradas e ruas brasileiras e mais 10 mil milhas aéreas em trechos das regiões Norte e Centro-Oeste, entre Teresina e Campo Grande, sem que o fogo se apague.

Destas 83 cidades, 11 são do estado de São Paulo: Presidente Prudente, Itapetininga, Ribeirão Preto, Osasco, São Paulo, São José dos Campos, Franca, Bauru, Campinas, São Bernardo do Campo e Santos.

Além das 300 cidades que receberão o revezamento, outras 200 assistirão à passagem do comboio com a chama exposta. A lista completa do trajeto será divulgada no início de 2016.

Depois de ser acesa em Olímpia, na Grécia, cidade-berço das Olimpíadas a tocha vai circular pelo país por uma semana, quando será entregue a um representante brasileiro em Atenas para iniciar sua jornada no Brasil.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: