Rio-clarense Renato de Matteo é preso na Itália

18019

O rio-clarense Renato de Matteo foi preso nesta terça-feira (12) em Roma, na Itália, quando desembarcava de um voo dos Estados Unidos, informou o jornal Folha de São Paulo.

De acordo com a reportagem, a Polícia Federal está tomando providências para que a Justiça no Brasil solicite a extradição do rio-clarense que estava foragido há anos após acusação de ter sido o mentor de um esquema milionário para desviar recursos de fundos de pensões municipais. Seu nome era mantido na lista de procurados da Interpol.

Matteo foi candidato a deputado federal nas eleições de 2014, quando recebeu quase 41 mil votos. No ano passado, conforme o JC noticiou, a Folha de São Paulo evidenciou que o rio-clarense estava morando nos Estado Unidos onde teria comprado apartamentos, imóveis, barco e outros itens de luxo.

Mais informações no JC impresso nesta quarta-feira (13).

Qual sua opinião? Deixe um comentário: