Rio-clarense conquista ouro no Parapan e vaga nas Paralimpíadas de 2016

72

Matheus Pezzotti

Carlos durante as disputas do tênis de mesa nos Jogos Parapan-Americanos, em Toronto. (Foto: Leandra Benjamin/MPIX/CPB)
Carlos durante as disputas do tênis de mesa nos Jogos Parapan-Americanos, em Toronto. (Foto: Leandra Benjamin/MPIX/CPB)

Em uma das decisões brasileiras nos Jogos Parapan-Americanos de Toronto, o rio-clarense Carlos Carbinatti superou Claudio Massad por 3 a 0 (11/4, 11/7 e 14/12) e chegou ao bicampeonato na noite da última segunda-feira (10).

A medalha de ouro evidencia a potencialidade de Carbinatti, já que o adversário chegou à final invicto em sua primeira participação no evento continental.

“Desta vez foi muito mais emocionante, porque em Guadalajara (2011) era tudo novo, não tinha pressão, cada um treinava na sua cidade. Mas depois da criação do centro de treinamento (em Piracicaba), veio a cobrança e tudo isso acumulado me faz valorizar mais esse título”, disse Carbinatti através do Whatsapp, comparando suas duas conquistas, no México e agora no Canadá.

O rio-clarense no pódio com a medalha de ouro. (Foto: Arquivo Pessoal)
O rio-clarense no pódio com a medalha de ouro. (Foto: Arquivo Pessoal)

A conquista da medalha de ouro nos Jogos Parapan-Americanos credencia uma das vagas para os Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro de 2016 para o rio-clarense, que celebra a ‘tranquilidade’ para se concentrar totalmente na parte técnica, mas antes, encerrando rapidamente as comemorações, segue na busca de outra medalha, agora por equipes, que começou a ser disputado na última terça-feira (11).

“Agora vou estar mais tranquilo para trabalhar, não vai ter tanta pressão, então acredito que tudo vai melhorar ainda mais, porque sem pressão fica mais fácil o trabalho. E também ajuda aqui (nas disputas por equipes), porque você acaba jogando mais solto. O difícil é separar as coisas, mal da tempo para comemorar uma conquista importante, mas estou preparado para buscar os objetivos”, comentou.

O vice-campeão Claudio Massad fez questão de parabenizar Carbinatti pela vitória e garantiu que o foco segue para o próximo objetivo da seleção brasileira que é conquistar o título por equipes.

“Eu queria parabenizar ele [Carlos], porque foi superior. Eu batalhei, mas não foi possível vencer. Agora é focar nas equipes, porque queremos mais medalha e se Deus quiser, com muito trabalho, vai vir uma de ouro para a gente”, disse o mesatenista ao site da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM).

Confira abaixo o vídeo dos dois últimos pontos conquistados por Carbinatti na final, consagrando-se campeão em Toronto:

Qual sua opinião? Deixe um comentário: