Velo vence a Matonense e cola no G-8

276

Sem vencer há três rodadas e precisando mais do que nunca dos três pontos para ainda sonhar com o G-8 e a classificação para a próxima fase da Série A-3, o Velo Clube recebeu a Matonense que também precisava da vitória mas por um outro motivo: fugir do rebaixamento.

Apesar de ter vencido apenas duas partidas em 16 rodadas, o adversário do Velo chegou impondo futebol e pressão. Já os donos da casa não mostram entrosamento em campo. O sufoco do Velo ficou  ainda maior quando Rodney perdeu a cabeça, o tempo e os pés em uma entrada duríssima e levou de cara o cartão vermelho.

Com um a mais em campo, a Matonense percebeu a chance e cresceu ainda mais no jogo. O Velo se segurou como pode e levou o empate para o vestiário na tentativa de arrumar a casa para a etapa complementar.

Segundo tempo

O técnico do Velo aproveitou o intervalo para fazer algumas modificações na equipe na tentativa de deixar o rubro-verde mais ofensivo mesmo com 10 jogadores em campo. Na prática não funcionou muito não. A Matonense continuou a mandar na partida e a levar perigo ao gol velista com direito até a bola na trave.

Até que uma roubada de bola no meio de campo acabou virando o primeiro gol do Velo. O cronômetro marcada 20 minutos quando Alisson balançou a rede. Os donos da casa comemoraram ainda e esqueceram do jogo. Na descida, apenas um minuto depois, o adversário avançou, a zaga velista deu bobeira e Cléber de calcanhar empatou para a Matonense.

Foi aí que a partida pegou fogo de vez. Com o apoio da torcida, aos 26 minutos, o Velo conseguiu o seu segundo gol. Chuck em grande jogada mirou o gol e colocou o Velo de novo na frente do placar 2 a 1. E não parou por aí não. Desta vez foi a Matonense que sentiu a pressão e acabou levando mais um no finalzinho do jogo. E não foi um gol qualquer, foi um golaço. Alisson novamente, em cobrança de falta, encobriu o goleiro e fechou o placar em 3 a 1 para o Velo.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: