Polícia investiga morte no Jardim Progresso como ‘execução’

320

Carine Corrêa

Muita dor dos familiares durante o velório do jovem Wemerson Freitas Venâncio nessa sexta-feira (22). O rapaz de 24 anos foi assassinado em frente a sua casa e, do lado de sua namorada, na noite de quinta-feira (21), no bairro Jardim Progresso. A Polícia Civil informou que a priori investiga o caso como execução. “O crime foi registrado como latrocínio, mas tem ares de execução, pelo fato de ter sido atingido por sete tiros. Não é muito característica de latrocínio esse crime, estamos investigando como possível execução”, detalhou o delegado seccional Alvaro Santucci Noventa Jr. O delegado Alexandre Della Coletta, que está à frente da Delegacia de Investigações Gerais, informou que, por ora, ainda não há suspeitas de autoria do crime.

Velório de Wemerson Freitas Venâncio aconteceu nessa sexta-feira (22). Wemerson foi alvejado dentro do carro ao lado da namorada na Rua M-19 do Jardim Progresso
Velório de Wemerson Freitas Venâncio aconteceu nessa sexta-feira (22). Wemerson foi alvejado dentro do carro ao lado da namorada na Rua M-19 do Jardim Progresso

O caso – Wemerson estava saindo de sua casa na Rua M-19 do Jardim Progresso, entrando no carro com a namorada, quando foram abordados pelo autor do crime. Eles haviam acabado de jantar, segundo informações cedidas pela seção de comunicação da Polícia Militar. O autor do crime saiu de um terreno baldio, aproximou-se a pé trajando roupas de cor preta, armado e disse: “perdeu, perdeu”. Wemerson travou a porta e tentou ligar o carro pra sair, mas o suspeito efetuou vários disparos contra o rapaz. Sua namorada o socorreu até o PA do Cervezão, mas ele não resistiu aos ferimentos.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: