RC perde o Jogo 1 das quartas de final para o Flamengo por 88 a 79

77

Matheus Pezzotti

Após ser dominado no primeiro quarto, o RC Basquete chegou a equilibrar o jogo, mas a qualidade e rotatividade dos elencos fizeram a diferença
Após ser dominado no primeiro quarto, o RC Basquete chegou a equilibrar o jogo, mas a qualidade e rotatividade dos elencos fizeram a diferença

Não foi dessa vez que o Rio Claro Basquete derrotou o Flamengo. No primeiro jogo das quartas de final do NBB 8, disputado na quarta-feira (18) no ginásio Felipe Karam, o time rio-clarense perdeu para o Rubro-Negro por 88 a 79 (43 a 32 para o Flamengo no primeiro tempo).

Com as parciais 13 a 27, 19 a 16, 26 a 22 e 21 a 23, o cestinha foi o armador Eric Tatu, do Rio Claro Basquete, com 23 pontos, 15 no segundo tempo. Destaque também para o ala/pivô Teichmann, com um duplo-duplo, com 12 pontos e 12 rebotes. Pelo Flamengo, o maior pontuador foi o ala Marquinhos, com 20 tentos.

RESUMO
O Flamengo começou com tudo e no primeiro quarto. Com domínio no ataque e na defesa, abusou das bolas de garrafão com Meyinsse e Olivinha e contou também com dez pontos de Rafa Luz e chegou a abrir 17 pontos (27 a 10), fechando o período em 27 a 13.

No seguinte, RC, com alguns reservas (Vinícius e Pastor), a equipe entrou mais ligada e chegou a fazer 8 a 0, chegando a encostar no placar, ficando dois pontos atrás, mas depois o Rubro-Negro se acertou e fechou o primeiro tempo com 11 de frente.

No terceiro período, RC seguiu na pressão, incendiou o Felipão e reduziu a diferença para dois pontos novamente (56 a 54). No entanto, o Flamengo reforçou a defesa, se aproveitou de uma sequência de erros dos donos da casa e foi para o último quarto com sete pontos na frente (65 a 58).

O time carioca seguiu aproveitando os erros dos donos da casa, foi retomando a vantagem e fechou o jogo com nove pontos na frente.

“Para ganhar de uma grande equipe, não podemos errar tanto como erramos. Mas o time não desistiu, se entregou, foi em busca até o fim. Dá para vencer, é difícil, mas é viável”, disse o técnico Dedé Barbosa na transmissão da Rádio Excelsior Jovem Pan News.

PRÓXIMO JOGO
Os times voltam a se enfrentar na quinta-feira (21), novamente às 19h, agora no Tijuca Tênis Clube.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: