RC Basquete perde as duas em Recife

63

Matheus Pezzotti

basquete bola

Saindo dos planos do técnico Marcelo Tamião, que almejava duas vitórias fora de casa, o RC Basquete foi derrotado pelo Sport Recife nos dois jogos que disputou fora de casa, pela quinta e sexta rodadas da Liga Ouro.

No primeiro jogo, disputado no último domingo (23), o time rio-clarense perdeu por 72 x 63 (38 x 33 no primeiro tempo). Com as parciais de 17 a 23, 21 a 10, 11 a 15 e 23 a 15, o cestinha foi o ala Caio Ranches, do RC Basquete, com 18 pontos. Destaque também para o pivô Estevam, que assinalou 14 pontos. Pelo lado do time recifense, Luizinho foi o maior pontuador, com 12 pontos.

“Nosso ataque esteve muito abaixo do que normalmente faz. Defensivamente no primeiro jogo até conseguimos anular algumas jogadas, mas o forte calor até pelo horário da partida [11 horas da manhã] fez com que os atletas, desacostumados a isso, sentissem o desgaste mais que o adversário”, disse o técnico Marcelo Tamião.

No jogo de segunda-feira (24), válido pela sexta rodada da Divisão de Acesso ao Novo Basquete Brasil (NBB), para garantir a vitória por 77 a 74 (40 a 39 no primeiro tempo), o time da Região Nordeste contou com grande partida do garoto armador Carioca, de 20 anos, autor de expressivos 27 pontos, sendo 21 deles no segundo tempo, além de quatro rebotes. Pelo lado rio-clarense, o destaque ficou por conta do pivô Estevam, com 19 pontos.

O JOGO

O início foi equilibrado, porém, aos poucos o Sport chegou a abrir cinco pontos (14 a 9), mas o RC Basquete recuperou-se e anotou 14 pontos seguidos em menos de quatro minutos e encerrou a primeira etapa vencendo por 14 a 23. Isso serviu para ‘acordar’ o Sport, que foi para cima no segundo quarto e abriu seis pontos nos minutos finais do segundo período, mas a equipe rio-clarense reagiu e diminuiu a diferença para o intervalo para um ponto (40 a 39).

Na volta dos vestiários, o duelo seguiu equilibrado e o RC Basquete virou o jogo (44 a 45), porém o Sport, liderado por Carioca, logo retomou a ponta do placar (46 a 45) e, a partir daí, os dois times começaram a revezar constantemente na liderança do marcador. No fim, o time do técnico Marcelo Tamião fechou o terceiro quarto com um ponto de vantagem (53 a 54).

O último período começou com quatro pontos seguidos do armador Carioca para o Sport, que retomou a ponta do marcador, o time rio-clarense chegou a voltar a liderar o placar (59 a 60), mas o time de Recife manteve o ritmo e se consolidou nos segundos finais para fechar o quarto em 24 a 20 e o jogo em 77 a 74.

“Foi um jogo bastante equilibrado, nenhuma equipe conseguiu abrir sete pontos de diferença em todo o jogo. Tivemos condições de vencer a partida, mas a equipe do Sport Recife foi mais feliz nas conclusões. Tentamos uma cesta dos três para empatar, mas não conseguimos. Mas a equipe lutou bastante, mas nos dois dias o ataque foi aquém, principalmente nas bolas de três pontos. O campeonato é bastante equilibrado e as classificações serão definidas nos detalhes”, concluiu Tamião.

O Lins Basquete, mesmo com um jogo a menos, assumiu a liderança da competição após vencer em casa o Campo Mourão, pelo placar de 72 a 63, e chegar aos 9 pontos, mesma pontuação do RC Basquete, que tem um jogo a mais, porém perdeu a segunda colocação para o time recifense, também com 9 pontos, pois fica em desvantagem por ter sido derrotado nos dois confrontos diretos realizados. Campo Mourão segue em quarto lugar, agora com 6 pontos. O time de Lins joga nesta terça-feira (25), novamente em casa contra o time paranaense para se isolar na ponta da tabela.

O time rio-clarense terá mais dois fora de casa na sequência, desta vez contra Campo Mourão, nos dias 30 e 31 de março. Depois recebe o Sport Recife nos dias 8 e 9 de abril e encerra a primeira fase fora de casa contra Lins nos dias 15 e 16 de abril.

DEIXE UMA RESPOSTA