RC Basquete encara líder São José em casa pela quinta rodada

54

Matheus Pezzotti

No último jogo, contra o Paulistano, RC reagiu, empatou no final, mas perdeu na prorrogação
No último jogo, contra o Paulistano, RC reagiu, empatou no final, mas perdeu na prorrogação

Depois de quatro jogos, sendo dois em casa e dois fora, o RC Basquete ainda não venceu no NBB 7 e amarga a última colocação. A partir desta quarta-feira (19), às 20h, contra o São José, pela quinta rodada, o time rio-clarense fará quatro jogos seguidos em casa, recebendo também o Mogi das Cruzes, Bauru e Franca.

“São bons jogos. A equipe está jogando melhor, jogou melhor nos dois últimos jogos. Estamos mais completos, agora com a volta do Estevam e do Brown, e só tem a crescer e a gente vai jogar para vencer. O time está querendo a vitória e vamos jogar para que isso ocorra já na quarta-feira”, diz o técnico Chuí.

>>> RC Basquete perde na prorrogação para o Paulistano por 94 a 89

Em situação oposta, o São José venceu os quatro jogos que disputou até o momento, todos em casa, e lidera a competição e Chuí pede atenção principalmente para os jogadores de seleção brasileira.

“Todos os jogos para a equipe de Rio Claro são dificílimos. Temos condições de ganhar de São José, estamos jogando em casa. Temos que ter mais discernimento na escolha dos melhores momentos de decidir. É um adversário que tem atletas de seleção brasileira e temos que nos ajustar para não dar espaço para esses jogadores não terem aproveitamento. Realizando isso, o jogo fica igual e a nossa chance de vitória, presente”, comenta.

Embora a campanha não seja favorável, o treinador espera que a torcida compareça para, além de ter a oportunidade de ver o líder do nacional em quadra, apoiar o time rio-clarense, jogando de maneira organizada, que vai buscar a vitória e que, se tiver aproveitamento, vai ganhar o jogo.

Pelo regulamento, os times têm até a sexta rodada para fazer contratações de jogadores que estão em outros times do NBB, fato que muito provavelmente não vai acontecer no RC Basquete.

“Vamos jogar o campeonato com esse time. Isso já foi falado desde o começo, os jogadores têm que aproveitar essa oportunidade. Temos falado que não é fácil sair de um campeonato da Federação Paulista e jogar um Brasileiro. Aqui têm dois times de futebol, têm duas realidades diferentes, mas vamos competir e conseguir nossos objetivos”, ressalta.

Questionado então sobre possíveis saídas dos jogadores ‘badalados’, os melhores do time e se estão assegurados por contrato, Chuí pareceu não entender a pergunta. “Sair? Badalados? Eu não estou entendendo, não tenho essas informações. Quem pode te falar isso é o Marcelo [Tamião]”, finaliza.

A redação do JC tentou, sem sucesso, entrar em contato com o coordenador técnico do time. O São José terá quatro jogos seguidos fora de casa e tem como meta se manter na liderança da tabela, mas para o jogo contra o RC Basquete o técnico Luiz Zanon não sabe se terá todos os atletas à disposição, já que o ala Dedé e o ala/pivô Drudi sentem dores nas costas e fazem trabalho diferenciado para se recuperar.

A partida terá transmissão da Rádio Excelsior Jovem Pan Sat, 1.410 kHz. Ouça online aqui pelo site do JC.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: