Quiosques enriquecem opções gastronômicas

168

Sidney Navas

Além dos boxes que servem lanches, salgados e porções no centro de Itirapina, moradores e turistas da região encontram restaurantes e pizzarias

QuiosquesItirapina5
Com cardápios diferenciados, moradores e quem visita Itirapina prestigiam o local

Tanto para quem mora na cidade, como também para quem visita Itirapina, os quiosques localizados na Praça da Matriz, no Centro, são uma boa pedida para quem não abre mão de provar deliciosos lanches, salgados em geral e porções variadas regadas com uma boa bebida gelada. Ainda nas imediações há outras sugestões como pizzarias, o restaurante dentro de uma galeria e outras três pizzarias. Carlos Alberto Simões de Oliveira, dono do quiosque Beto e Rose há nove anos, explica que o movimento é maior aos finais de semana, mas que mantém as portas abertas todos os dias, sempre a partir das 17 horas até o último cliente.

“É um local de muita descontração de comida de qualidade onde os amigos se encontram para jogar conversa fora. Quem está de visita por aqui, também não deixa a oportunidade passar em branco e vem até a Praça da Matriz”, observa o comerciante. Com mais de 16 mil habitantes, o município conserva o ambiente perfeito para quem foge do estresse e agito dos grandes centros urbanos e a Praça da Matriz com sete quiosques é ponto de encontro obrigatório pra todos.

Josias Oliveira Lima, morador no bairro Vale Verde há mais de 20 anos acha que Itirapina tem várias escolhas na área gastronômica. “Pelo tamanho da cidade, acredito que o número de restaurantes e pizzarias é mais do que o suficiente”, afirma o homem. Mas nem todos pensam assim. A dona de casa Ana Maria Teixeira moradora na Vila Garbi, diz o seguinte; “Poderíamos ter mais escolhas nesse sentido, já que a cidade cresceu muito nos últimos anos e deve se expandir ainda mais”.

Nos dois quiosques situados na Praça da Matriz ficaram totalmente destruídos depois de um incêndio. Na ocasião, segundo as informações fornecidas à imprensa, os homens do Corpo de Bombeiros trabalharam cerca de duas horas até que as chamas fossem completamente controladas. Por sorte ninguém ficou ferido e apesar dos botijões de gás nos boxes não houve nenhuma explosão. Carlos Alberto conta que até o presente momento, os dois quiosques danificados pelas chamas continuam fechados.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: