PSB anuncia saída do grupo de apoio à Gestão Juninho

784

Mais um partido acaba de anunciar que está deixando a base de apoio ao Governo Municipal do prefeito João Teixeira Junior (DEM). É o PSB, partido com dois vereadores na Câmara Municipal de Rio Claro. O ‘desembarque’ do grupo foi anunciado pelo líder do partido na Casa de Leis, Rogério Guedes. Ao seu lado segue o vereador Thiago Yamamoto.

De acordo com Rogério, o intuito do novo posicionamento é focar no que a população deseja e cita o projeto de empréstimo de R$ 60 milhões que a Prefeitura articula. “A nossa visão é o povo, não o governo. E a comunidade não é a favor desse endividamento. Nós também não. Não somos contra o asfalto, temos sim que levar asfalto aos bairros que necessitam, mas não queremos endividar a cidade”, afirma o vereador. O parlamentar também recorda que, apesar do PSB deixar a base, não vai ‘malhar’ o chefe do Executivo. “Queremos que o nosso município de Rio Claro dê certo. Também não queremos que o Juninho dê errado. Não estamos mais concordando nas questões”, destaca.

Thiago Yamamoto complementa que, “independentemente da saída do partido do governo, eu vou continuar trabalhando como sempre trabalhei, pois meu mandato está pautado na busca contínua do bem comum. Sempre que houver um novo projeto, analisarei com cautela pensando sempre no melhor para o município, independente de situação ou oposição”, conclui.

O prefeito João Teixeira Junior (DEM) comentou a questão à reportagem do JC. “Respeitamos a posição do PSB, o foco maior é resolver os problemas da cidade. O PSB é um partido que nos ajudou, respeito o posicionamento do Rogério Guedes. Vamos continuar trabalhando. O que eu pude fazer ao partido nós fizemos”, disse.

Com as novas configurações partidárias, agora são oito vereadores da Câmara Municipal que não compõem a base do atual governo. São eles: Anderson Christofoletti (MDB), Hernani Leonhardt (MDB), Maria do Carmo Guilherme, líder da bancada emedebista na Casa. Juntam-se a esses o novo vice-presidente da Mesa Diretora, José Pereira (PTB), e o colega de partido Rafael Andreeta. Yves Carbinatti (PPS), que nos últimos meses se mantinha neutro, também registrou que é oposição. Agora, chegam os vereadores do PSB: Rogério Guedes e Thiago Yamamoto.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: