Projeto Sustent’arte capacita empreendedoras

139

Laura Tesseti

Com o intuito de atender o setor cerâmico no que diz respeito à responsabilidade social, o projeto Sustent’arte surgiu há alguns anos e em Santa Gertrudes 20 alunas já foram capacitadas como microempreendedoras individuais e podem obter renda a partir da confecção das peças que aprenderam a desenvolver por meio do projeto.

Criado pelo Sesi e apoiado pela Aspacer e pela Prefeitura Municipal de Santa Gertrudes, o Sustent’arte ensina mulheres a criar e manusear peças com mosaicos, oriundas de material cerâmico, como pisos e revestimentos fornecidos pelas empresas Almeida, Villagres, Atlas, Lineart, Ceral e Celva que, além de contribuírem para a confecção das peças, dão um destino mais honroso para o material que seria descartado de forma não produtiva.

Mulheres de Santa Gertrudes participam do projeto criado pelo Sesi e que recebe apoio da Aspacer, prefeitura e empresas
Mulheres de Santa Gertrudes participam do projeto criado pelo Sesi e que recebe apoio da Aspacer, prefeitura e empresas

Extremamente produtivo para o setor na cidade, Benjamin Ferreira Neto, presidente da Aspacer, analisa de forma bastante positiva os rumos da iniciativa. “A iniciativa se torna extremamente importante para o setor cerâmico de revestimento, uma vez que os resíduos gerados pela indústria, que não são poluentes ao meio ambiente, são reaproveitados, promovendo o segmento através do desenvolvimento de produtos com apelo comercial, estimulando a qualificação da comunidade do entorno das cerâmicas, formada por familiares dos colaboradores de cerâmicas e pessoas em situação de vulnerabilidade social, visando ao empreendedorismo e à promoção de geração de renda.”

A iniciativa, que começou em Santa Gertrudes e conquistou o 7º Lugar no Prêmio Benchmarking Brasil – Categoria Sustentabilidade, concorrendo com 188 projetos das maiores empresas do país, como Ambev, ArcelorMittal, Sabesp, CPFL, Embratel, Itaipu, dentre outras, está também sendo realizada em outras cidades da região e o resultado segue satisfatório.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: