Projeto Guri tem inscrições abertas

128

Laura Tesseti

O Projeto Guri ainda está com as inscrições abertas para os alunos que pretendem estudar música em 2016. Segundo informações da coordenação do projeto em Rio Claro, ainda existem vagas para as aulas de coral infantil, que ensina crianças de seis a sete anos, para as aulas de trompete, trombone, eufônio, tuga, violoncelo e viola.

A idade mínima para as aulas com os instrumentos é de 8 anos, já para o coral a idade mínima é de seis anos. As aulas são gratuitas e, segundo a coordenação, não é preciso possuir nenhum instrumento para cursar o projeto.

Os cursos são ministrados por professores capacitados todas as terças e quintas-feiras, das 13h30 às 17h30, na Rua 7, 1.193, no Centro, na Sede da Faculdade Asser, em Rio Claro.

Alunos participam de aulas e, ao concluírem o curso, realizam apresentações demonstrando tudo o que aprenderam ao longo do projeto
Alunos participam de aulas e, ao concluírem o curso, realizam apresentações demonstrando tudo o que aprenderam ao longo do projeto

INSCRIÇÕES

Para fazer as inscrições, os alunos devem comparecer nos dias das aulas e nos horários em que elas acontecem na sede do projeto, com cópias do RG ou certidão de nascimento, cópia do comprovante de endereço e uma declaração de frequência escolar, seja particular ou pública. As inscrições acontecem até o dia 4 de março. Mais informações podem ser obtidas por meio do telefone (19) 3524-8826.

PROJETO

Mantido pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, o Projeto Guri é considerado o maior programa sociocultural brasileiro e oferece, nos períodos de contraturno escolar, cursos de iniciação musical, luteria, canto coral, tecnologia em música, instrumentos de cordas dedilhadas, cordas friccionadas, sopros, teclados e percussão para crianças e adolescentes entre 6 e 18 anos. Mais de 45 mil alunos são atendidos por ano, em mais de 410 polos de ensino distribuídos por todo o Estado de São Paulo.

SANTA GERTRUDES

Em Santa Gertrudes também existe um polo, onde 185 vagas são disponibilizadas aos jovens estudantes, mas, segundo a gestão do projeto na cidade, todas as vagas já foram preenchidas.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: