Previdência: Ato contra a reforma é realizado em Rio Claro

1240

Grupos sindicais, estudantis e outros apoiadores realizam na manhã desta sexta (14), uma manifestação contra as reformas da previdência e trabalhista e também a terceirização.

Em Rio Claro, manifestantes se reuniram no Jardim Público, em frente ao Paço Municipal e, em seguida, iniciaram uma passeata por ruas do Centro. Diversos sindicatos e outros grupos do município estiveram reunidos para dar início aos protestos.

O ato segue em Rio Claro até por volta de meio dia, quando manifestantes partirão em direção a São Paulo, onde se encontrarão com representantes dos movimentos de outras cidades do estado.

Paralisações

O ato vem sendo tratado pelos manifestantes como uma Greve Geral dos Trabalhadores. A prefeitura afirma que esta paralisação interferiu no transporte de alunos da rede pública.

“Um bloqueio foi realizado na madrugada desta sexta-feira (14 junho 2019) em frente à garagem dos ônibus fretados que fazem o transporte de alunos da rede municipal de ensino de Rio Claro e de algumas escolas estaduais. Em razão disto, o transporte de alunos ficou prejudicado, sendo iniciado com atraso, pois os ônibus só conseguiram sair da garagem depois que a polícia chegou ao local. Os mais prejudicados são alunos que moram na área rural do município, já que os ônibus das linhas rurais são os primeiros que deveriam sair da garagem pois percorrerem maiores distâncias”, informou a Prefeitura.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: