Prefeitura diz que fechamento da Yoki não compromete orçamento

151

Vivian Guilherme

Depósito ficava no entrocamento da Rod. Constante Peruchi e Anhanguera
Depósito ficava no entrocamento da Rod. Constante Peruchi e Anhanguera

Cerca de 65 funcionários foram demitidos do depósito da empresa Yoki, localizada no bairro de Cascalho em Cordeirópolis, no entroncamento da Rod. Constante Peruchi e Anhanguera. Segundo nota enviada pela empresa ao Grupo JC, a General Mills Brasil – empresa detentora da marca Yoki – informa que no dia 3 de novembro transferiu seu depósito fechado, de Cordeirópolis para Cajamar.

“A mudança se fez necessária ainda para adequação da capacidade de armazenagem e melhoria na logística, com redução de armazéns externos e também de capacidade a nível nacional. Todos os funcionários do depósito fechado de Cordeirópolis receberão o apoio necessário neste momento”, afirmou em nota.

A Prefeitura de Cordeirópolis, por meio da Secretaria da Indústria e Desenvolvimento, informou ao JR que lamenta muito o desligamento dos funcionários feito pela empresa Yoki. No quadro atual dos 65 funcionários, 9 eram de Cordeirópolis e a empresa ficava em uma área alugada. “Por ser um depósito fechado de mercadorias a empresa não gerava nenhum tipo de receita para o município, o que desta forma não causará nenhuma mudança no quadro de arrecadação que tem inclusive um aumento previsto de 14% para o próximo ano”, destacou.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: