Prefeito de Santa Gertrudes pede reforço na segurança da cidade

92

Divulgação

 

Rogério Pascon já solicitou um agendamento com o secretário de Segurança do Estado de São Paulo, Fernando Grella
Rogério Pascon já solicitou um agendamento com o secretário de Segurança do Estado de São Paulo, Fernando Grella

 

Na manhã dessa quarta-feira (5), o prefeito de Santa Gertrudes, Rogério Pascon, e o secretário de Segurança, Davi Fernandes, estiveram reunidos com o comandante interino do 37º Batalhão da Polícia Militar do Interior (BPMI), major Lideraldo, solicitando apoio de força-tarefa no município de Santa Gertrudes nas áreas urbana e rural. “Quero agradecer ao apoio do major Lideraldo, que se prontificou a oferecer todo o suporte necessário no que diz respeito à segurança aqui no município”, disse o prefeito Rogério Pascon.

Segundo ele, o major disse que está com a equipe empenhada e que vai dispensar uma atenção especial a Santa Gertrudes. “Nossa reunião foi satisfatória e mostra que precisamos unir forças para melhorar a segurança”, destacou o prefeito.

Ainda na manhã dessa quarta-feira o prefeito e o secretário de Segurança estiveram com o comandante do 3º Batalhão da Polícia Rodoviária, capitão Junqueira, solicitando apoio e reforço nas fiscalizações nas rodovias que circundam o município.

“Os dois comandantes se prontificaram a fornecer o apoio solicitado e agora o próximo passo será um encontro com comandante do Policiamento Ambiental para apoio na Zona Rural, para maior tranquilidade dos moradores que residem nas regiões mais afastadas”, disse o secretário de Segurança, Davi Fernandes.

Para o prefeito Rogério Pascon, é preciso acompanhar de perto e cobrar por uma maior atuação dos órgãos policiais para que a sensação de segurança aumente entre os munícipes. “No que compete ao município, estamos adotando várias medidas, como a contratação de mais guardas civis municipais ainda neste mês de fevereiro, vamos dar início ao Programa Vizinhança Solidária, estamos intensificando os trabalhos de ronda e patrulhamento, mas precisamos de um apoio maior por parte das polícias”, disse.

“Vamos fazer uma reunião na próxima semana com o delegado responsável pelo município, André Müller, e com o sargento Santos, que atua diretamente aqui, pois cada um tem uma sugestão que pode acrescentar para a população”, afirmou.

 

Esta é uma reprodução da notícia publicada na edição impressa do Jornal Cidade 

DEIXE UMA RESPOSTA