Praça na Vila Operária sofre com acúmulo de lixo

125

Laura Tesseti

A praça localizada na Rua 5, esquina com Avenida 36, no bairro Vila Operária, ao lado da Igreja São Judas Tadeu, está sofrendo com o acúmulo de lixo.

Diversos moradores, comerciantes e usuários do local falaram sobre a quantidade de lixo que tem sido depositada na praça por parte de moradores do bairro. “Existem pessoas que andam diversos quarteirões para jogar o lixo aqui na praça, estão usando como depósito”, comenta um comerciante.

Depois das fortes chuvas que atingiram a cidade, o lixo tem se acumulado na praça. É possível perceber que existe galhos de árvores, grama que foi podada, mas também é possível enxergar a quantidade de lixo doméstico despejado no monte que cresce.

A esquina da praça sofre com grande quantidade de lixo amontoado; prefeitura fala sobre os cuidados
A esquina da praça sofre com grande quantidade de lixo amontoado; prefeitura fala sobre os cuidados

Outro problema apontado por quem utiliza o local é a falta de manutenção, como corte de grama e também a retirada de diversos formigueiros. A praça fica entre uma igreja e uma escola infantil, então é bastante usada pelas crianças. A presença de usuários de drogas também incomoda os moradores e comerciantes.

Em contato com a assessoria de imprensa da prefeitura municipal, a mesma orienta a comunidade que não se deve jogar lixo e materiais velhos em praças da cidade e em nenhum local impróprio. Assim como em todos os demais bairros da cidade, a Vila Operária, conta com coleta de lixo domiciliar e, nesse caso, o lixo deve ser deixado em frente às respectivas residências no dia e horário da coleta. A coleta seletiva e o catabagulho também atendem o bairro.

Sobre a limpeza, a Secretaria de Manutenção e Paisagismo cuida da cidade por setores e logo estará na praça novamente. Em relação aos usuários de droga, as polícias devem ser acionadas.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: